Menu

Como se livrar do pecado? Finalmente, encontrei a senda

Nota do editor

Como um cristão, você ainda está envolvido na amarga luta contra o pecado? Você também quer escapar da servidão e das restrições do pecado? Você também está desapontado pelo fato de não poder praticar a palavra do Senhor? Ele acreditou no Senhor por mais de 40 anos e também foi atormentado por sua incapacidade de escapar da vida de pecado. Em 2017, ele recebeu o retorno do Senhor e, enfim, encontrou uma senda para se livrar do pecado. Então, como podemos escapar do pecado? Vamos ver sua experiência.

Como se livrar do pecado? Finalmente, encontrei a senda

Eu despenquei tão fundo que o Senhor poderia ter me abandonado

Aos 20 anos, fui batizado e voltei para o Senhor. Por causa da Bíblia, eu sabia que o Senhor Jesus foi crucificado para redimir a humanidade e tomou sobre si os pecados de todas as pessoas. Se orássemos no nome do Senhor Jesus e nos arrependêssemos de nossos pecados, Ele nos perdoaria e concederia abundante graça sobre nós. Eu fui tocado pelo grande amor do Senhor e estava determinado a dedicar minha vida a seguir os ensinamentos do Senhor e me gastar para retribuir Seu amor.

Mais tarde, descobri que não conseguia guardar os ensinamentos do Senhor. Apesar de continuar servindo a Deus na igreja, eu não era muito diferente de um gentio que vivia fora dela, e passava meus dias comendo, bebendo e me divertindo. Mais tarde, comecei a me entregar ao jogo para satisfazer meu desejo de ganhar dinheiro. Cada vez que eu orava ao Senhor, meu coração se enchia de autocensura, pois sabia que Deus detestava o jogo. Diversas vezes me coloquei diante de Deus e jurei nunca mais jogar de novo, mas eu não pude superar a tentação de meus amigos, e fiquei cada vez mais preso ao pecado, incapaz de me libertar. Eu senti que o Senhor me abandonou. Desapontado, saí da igreja em 1992.

Nos anos após minha saída da igreja, vivi como um zumbi, trabalhando cada vez mais para pagar dívidas de jogo. Queria que a história do Filho Pródigo acontecesse comigo, mas quando pensava no que havia feito, sentia vergonha de ir ao encontro do Senhor. Dessa forma, meu relacionamento com o Senhor tornou-se cada vez mais distante.

O Senhor teve piedade de mim, mas como eu poderia escapar do pecado?

Mais tarde, aos 38 anos, passei no concurso para funcionário do governo. Com uma renda estável, eu não precisava mais gastar todo meu tempo para pagar minhas dívidas. Eu sabia que o Senhor ainda tinha piedade de mim e, por isso, encontrei uma igreja e comecei a ir às reuniões outra vez.

No ano 2000, procurei uma nova igreja. Naquela época, embora eu também estivesse ansioso para pregar o evangelho e participar de todos os tipos de serviço na igreja, eu ainda vivia pecando durante o dia e confessando à noite, o que era muito angustiante para mim. Uma vez li que a carta aos Romanos, na Bíblia, nos ensina: “Rogo-vos pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12:1-2). Fiquei ainda mais aborrecido e pensei: “Por que cometemos muitos pecados involuntariamente? Como posso me renovar e me transformar? Por que eu nunca consigo atender às exigêcias do Senhor?” Essas perguntas jamais deixaram de me incomodar.

Entendendo a raiz da incapacidade das pessoas de escaparem do pecado

Em agosto de 2017, conheci duas irmãs na internet, e nossos debates foram muito bons. Depois disso, eu decidi me juntar ao grupo de estudo bíblico delas.

Uma vez, enquanto estávamos pesquisando a Bíblia, minhas irmãs leram para mim duas passagens da palavra de Deus que falavam sobre o motivo de nós sempre viveremos pecando e confessando e como escapar das amarras do pecado: “Embora o homem possa ter sido redimido e perdoado de seus pecados, isso só pode ser considerado como Deus não Se lembrar das transgressões do homem e não tratar o homem de acordo com as suas transgressões. No entanto, quando o homem, que vive num corpo de carne, não foi liberto do pecado, ele só pode continuar pecando, revelando infinitamente o caráter satânico corrupto. Essa é a vida que o homem leva, um ciclo interminável de pecar e ser perdoado. A maioria dos homens peca de dia apenas para confessar à noite. Desse modo, mesmo que a oferta pelo pecado seja para sempre efetiva para o homem, ela não será capaz de salvar o homem do pecado. Apenas metade da obra da salvação já foi concluída…” “Salvar o homem plenamente da influência de Satanás não exigiu apenas que Jesus tomasse os pecados do homem como oferta pelo pecado, mas também exigiu que Deus fizesse uma obra maior para livrar o homem completamente de seu caráter, que foi corrompido por Satanás.

Minha irmã, então, comungou: “Como todos sabemos, o Senhor Jesus foi crucificado, e nos redimiu de nossos pecados. Quando pecamos, se oramos ao Senhor e nos arrependemos, somos perdoados, mas nossas naturezas pecaminosas não são resolvidas. Somos dominados por caracteres satânicos como engano, arrogância, astúcia, ganância, maldade, egoísmo e desprezo, por isso ainda pecamos e nos opomos a Deus. Às vezes, para proteger os interesses pessoais, nós mentimos e enganamos os outros, apesar de sabermos com clareza que Deus pede que sejamos pessoas honestas. Às vezes, também nos desentendemos com outras pessoas. Embora saibamos que o Senhor demanda que nós retiremos a trave dos nossos olhos, nosso caráter arrogante ainda nos faz fixar o olhar nas outras pessoas. Além disso, às vezes, para experimentar a ganância carnal, seguimos as tendências perversas do mundo, focando apenas em comer, beber e ser feliz e vivemos uma vida secular. Deus diz: ‘… portanto santificai-vos, e sede santos, porque eu sou santo’ (Levítico 11:44). Também está escrito na Bíblia que: ‘… e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor’ (Hebreus 12:14). Deus é santo. Se não resolvermos nossa natureza satânica, nunca seremos capazes de escapar da escravidão dela, e ainda viveremos nossa corrupção imunda original. Simplesmente, não estamos qualificados para ver o rosto do Senhor ou entrar no reino de Deus. Assim, nos últimos dias, o Senhor virá outra vez para realizar a nova obra de julgar e purificar os nossos pecados, e nos salvar por completo para livrar os laços do pecado, cumprindo estas palavras da Bíblia: ‘E, se alguém ouvir as minhas palavras, e não as guardar, eu não o julgo; pois eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia’ (João 12:47-48). E 1 Pedro 4:17 diz: ‘Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus.’ Somente aceitando o julgamento de Deus e experimentando a Sua obra, nossas caracteres satânicos corruptos podem ser limpos e transformados, e podemos escapar da escravidão do pecado de verdade, tornando-nos pessoas reais e plenas de humanidade, alcançando a salvação total e entrando no reino de Deus.”

Depois de ouvir a comunhão da minha irmã, meu coração foi tocado. No passado, eu não entendia porque continuávamos a viver em pecado e não conseguíamos escapar da sua escravidão. Agora sei que a obra do Senhor Jesus serviu apenas para redimir a raça humana. Nossa crença no Senhor apenas perdoou nossos pecados, mas a natureza pecaminosa dentro de nós não foi eliminada, e devido ao controle que ela exerce, nós ainda pecamos e nos opomos a Deus com frequência. Nos últimos dias, para salvar os pecadores, Deus veio ao mundo para realizar a obra de julgamento para purificar por completo nossa natureza pecaminosa, salvar-nos do domínio de Satanás e nos conduzir a Seu reino. O amor de Deus por nós é realmente grande.

Ela continuou dizendo: “Irmão, o Senhor Jesus já está mesmo entre os homens, Ele é Deus Todo-Poderoso encarnado, expressou mais de um milhão de palavras e revelou todos os mistérios da Bíblia, e agora está realizando Sua obra de julgar e purificar as pessoas. Estas verdades que eu comunguei com você hoje são entendimentos que eu aprendi lendo as palavras expressas por Deus Todo-Poderoso.”

O Senhor Jesus já retornou? Essa foi uma notícia muito boa de ouvir. Mas, eu pensei mais uma vez: “Não, se o Senhor tivesse voltado para realizar a obra de julgamento, seria um grande evento. Como não ouvi falar de tal coisa? Nossos pastores e presbíteros também não nos disseram nada sobre isso! O que está acontecendo?”

Por que o mundo religioso condena a Relâmpago do Oriente

Com dúvidas em minha mente, corri para buscar informações na internet sobre a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Vi que os pastores e anciãos do mundo religioso de Hong Kong estavam condenando e resistindo, o que instantaneamente me deixou em conflito. Eu pensei: “A comunhão da irmã estava de acordo com a Bíblia, então por que a Igreja de Deus Todo-Poderoso sofreu resistência e foi condenada pela religião? O que está acontecendo, afinal? Deixa pra lá. Já que a maioria dos pastores e presbíteros do mundo religioso condena obra de Deus Todo-Poderoso, não adianta mais investigar.” Então, eu saí do grupo e bloqueei as irmãs com quem tinha conversado antes.

Embora eu tivesse abandonado o grupo, os irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso continuaram tentando entrar em contato comigo. Depois de me encontrar, a irmã Liuxin, da Igreja de Deus Todo-Poderoso, tentou diminuir minha confusão através da comunhão sobre a perturbação que ela experimentou vinda de seu pastor, quando ela tinha acabado de aceitar a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias. Depois disso, essa irmã me mostrou dois filmes gospel da Igreja de Deus Todo-Poderoso, “Quem está pregando Deus na cruz outra vez?” e “Não se metam na minha vida”.

Depois que assistimos aos filmes, ela comungou comigo outra vez: “Irmão, a verdade é que, cada vez que Deus aparece para operar, Sua manifestação é perturbada e atacada pelas forças de Satanás. Isso aconteceu na Era da Graça, quando o Senhor Jesus estava encarnado para realizar a obra, os fariseus viram que Ele havia chegado e não foi chamado de Messias e não resgatou os judeus do governo romano, mas, em vez disso, deu sermões sobre o arrependimento e ensinou tolerância, paciência e amor aos seus inimigos. A obra do Senhor Jesus refutou as noções e imaginações dos fariseus, por isso eles negaram o fato de que o Senhor Jesus era Cristo, o próprio Deus. Quando os fariseus descobriram que havia autoridade e poder na obra e nas declarações do Senhor Jesus e que muitas pessoas haviam se voltado para Ele, a fim de proteger suas posições e status, eles julgaram e condenaram com loucura ao Senhor Jesus, inventaram rumores e falácias de blasfemar contra Ele. Por fim, eles se aliaram ao governo romano para crucificar o Senhor Jesus. Os fariseus resistiram publicamente e brigaram com Deus por status, e foram expostos como anticristos pela obra do Senhor Jesus. Nos últimos dias, os pastores e presbíteros do mundo religioso condenam a obra de Deus dos últimos dias da mesma forma que os fariseus resistiram e condenaram a obra do Senhor Jesus. Muitos pastores e presbíteros sabem que a Igreja de Deus Todo-Poderoso tem dado testemunho do retorno do Senhor Jesus, e alguns deles também leram as palavras expressas por Deus Todo-Poderoso. Eles sabem que as palavras de Deus Todo-Poderoso têm autoridade e poder, mas ainda se apegam a suas concepções e se recusam a aceitá-las. Para preservar seu próprio status e posições, eles julgam e condenam abertamente a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias e usam todos os tipos de métodos para obstruir e impedir os irmãos e irmãs de investigar o verdadeiro caminho. Ele chegam a se unir ao Partido Comunista Chinês para prender os irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso. Por causa do desafio e da condenação dos pastores e presbíteros do mundo religioso à obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias, podemos ver que eles são pessoas que desprezam a verdade e resistem a Deus, são obstáculos para as pessoas aceitarem o verdadeiro caminho, e são anticristos que se colocam como inimigos de Deus. Assim como as palavras do Senhor Jesus ao amaldiçoar os fariseus: ‘Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque fechais aos homens o reino dos céus; pois nem vós entrais, nem aos que entrariam permitis entrar. … Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno?’ (Mateus 23:13,33).

Deus é todo-poderoso. A sabedoria de Deus é exercida com base nos esquemas de Satanás. Deus usa o poder político do Partido Comunista Chinês e a selvagem condenação, resistência e perseguição dos anticristos do mundo religioso para revelar todos os tipos de pessoas. Aquelas pessoas das várias religiões e denominações que realmente acreditam em Deus e amam a verdade, ouvem que a Igreja de Deus Todo-Poderoso já testemunhou o retorno do Senhor e, por isso, buscam e investigam ativamente. Pela leitura das palavras expressas por Deus Todo-Poderoso, elas reconhecem a voz de Deus e, uma depois da outra, aceitam a obra de Deus nos últimos dias. Mas aqueles que evitam e desprezam a verdade, agarrados à suas noções e imaginações, se recusam a buscar e investigar a obra de Deus nos últimos dias, e resistem e condenam esta obra de Deus dos últimos dias. Essas pessoas foram expostas e eliminadas por Deus já muito tempo, e aquelas que resistem com seriedade são amaldiçoados e punidos por Deus por ofenderem o Seu caráter. Isso cumpre as profecias da Bíblia que dizem que, nos últimos dias, Deus fará o trabalho de separar o joio do trigo, as ovelhas dos cabritos e os servos bons dos maus. Assim, no que se refere a receber o retorno do Senhor, nós devemos aprender a ser virgens prudentes, a ouvir a voz de Deus, e devemos distinguir os rumores e falácias do mundo religioso para não sermos enganados por eles, pois, só assim, poderemos receber o retorno do Senhor Jesus e ceiar no banquete da festa do Cordeiro. Isso cumpre a profecia do capítulo 3, versículo 20 do livro do Apocalipse: ‘Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.’”

Depois de ouvir a comunhão dela, meu coração ficou iluminado. Quando o Senhor Jesus veio realizar Sua obra, os fariseus judeus O desafiaram, condenaram e julgaram com ferocidade. Hoje, nos últimos dias, os pastores e presbíteros religiosos, para protegerem suas posições e empregos, também resistem e condenam a obra de Deus, e impedem seus crentes de investigaram o verdadeiro caminho. Os pastores e presbíteros do mundo religioso são os fariseus contemporâneos. Neste momento, pensei sobre o seguinte versículo da Bíblia: “Logo a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Cristo” (Romanos 10:17). Eu entendi, enquanto investigava o verdadeiro caminho, que não deveria acreditar cegamente nas palavras dos pastores e presbíteros do mundo religioso. Ao invés disso, eu deveria ouvir mais das palavras de Deus Todo-Poderoso, porque, apenas assim, eu teria a oportunidade de receber o retorno do Senhor. Portanto, eu decidi conduzir uma investigação detalhada da obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias.

Encontrando, enfim, a senda para me purificar dos pecados

Nos dias que se seguiram, eu participei e reuniões na internet com os irmãos e irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso quase todos os dias. Em uma reunião, uma irmã sorriu e perguntou: “Irmão, nós sabemos que a obra de Deus nos últimos dias é a obra de julgamento e purificação, portanto, você quer sabe como Deus faz a obra de julgamento para transformar e limpar as pessoas nos últimos dias?”

Eu assenti com alegria e senti um grande desejo de saber a resposta para essa questão, por isso minha irmã abriu um livro da palavra de Deus e começou a ler: “Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Essas palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Essas palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, essas palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a corporificação de Satanás e uma força inimiga contra Deus. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não só torna clara a natureza do homem com apenas algumas palavras; Ele também expõe, trata e poda no longo prazo. Esses métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo são considerados julgamento; só por meio de julgamento desse tipo é que o homem pode ser subjugado e completamente convencido a se submeter a Deus e, além disso, ganhar verdadeiro conhecimento de Deus. O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconheça e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Esses efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de abrir a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele. Essa obra é a obra de julgamento realizada por Deus.” “Deus tem muitos meios de aperfeiçoar o homem. Ele emprega todo tipo de ambientes para lidar com o caráter corrupto do homem e utiliza várias coisas para desnudar o homem; num aspecto, Ele lida com o homem, em outro, Ele o desnuda, e em outro Ele o revela, desenterrando e revelando os ‘mistérios’ das profundezas do coração do homem e mostrando ao homem a sua natureza ao revelar muitos de seus estados. Deus aperfeiçoa o homem através de muitos métodos através de revelação, tratamento, refinamento e castigo para que o homem saiba que Deus é prático.

A irmã comungou: “As palavras de Deus Todo-Poderoso são muito claras. Nos últimos dias, Deus Todo-Poderoso trabalha em primeiro lugar expressando a verdade para nos julgar e nos purificar. As palavras de Deus expõem nossos caracteres satânicos profundamente enraizados, e nós ficamos totalmente convencidos e percebemos que, depois de sermos corrompidos por Satanás, somos muito arrogantes e desonestos, egoístas e desprezíveis, maus e ambiciosos, e, por natureza, não gostamos da verdade. Depois que começamos a crer em Deus, mesmo que nos abandonemos e nos gastemos até certo ponto, nossa intenção ainda fazer acordos com Deus para receber as bênçãos do reino celestial. Nossos caracteres são cheios de problemas e contaminações. Em nossos sermões, nós não exaltamos ou damos testemunho de Deus, mas nos exibimos e testemunhamos a nós mesmos para fazer com que os outros olhem para nós e nos admirem. Quando a obra de Deus não está de acordo com nossas noções, nós O culpamos, discordamos e traímos. Para nos tornar bem sucedidos e desfrutar de riqueza e luxo, continuamos seguindo as tendências malignas e desfrutamos dos prazeres do pecado. E assim por diante. Ao mesmo tempo, Deus organiza vários ambientes em nossa vida real para revelar nossa rebeldia e nossas deficiências. Ele usa as pessoas, assuntos e coisas ao nosso redor para expor, lidar e nos podar, para que possamos ver com mais clareza o fato de como fomos corrompidos por Satanás: não temos consciência, razão ou dignidade humana; confiamos nossos caracteres satânicos, em nossa filosofia e lógica, e vivemos resistindo a Deus a qualquer momento, o que faz com que Ele nos odeie e deteste. Só, então, experimentaremos de verdade o caráter justo e santo de Deus, que é intolerante à ofensa do homem, que produz em nós um coração que teme a Deus e nos faz odiar e amaldiçoar a nós mesmos, para que possamos trair a carne e viver de acordo com as exigências de Deus. Depois de experimentar o castigo e o julgamento de Deus, diversas vezes, entendemos quanto esforço Deus faz para a salvação de cada pessoa. Nós também compreendemos que Deus nos castiga porque Ele odeia nossos pecados e nossa desobediência, e porque Ele quer nos salvar de nosso caráter satânico e nos ganhar para Ele.

No passado, ainda não tínhamos aceitado a obra de julgamento de Deus, por isso, apesar de desejarmos amar e agradar a Deus, nós não conhecíamos a Sua justiça e Sua substância de santidade e beleza, não tínhamos um verdadeiro entendimento da nossa própria feiúra satânica e da nossa natureza desobediente e resistente, e não sabíamos distinguir as coisas negativas e visões errôneas que vêm de Satanás. Tudo isso dificultou a traição da carne e a prática da verdade. Agora, que aceitamos o julgamento e a revelação na palavra de Deus, podemos entender de quem Deus gosta e quem Ele despreza, também conseguimos entender o que é positivo e o que é negativo, e saber que a fé em Deus requer a busca da verdade, a vivência da palavra de Deus e a transformação da pessoa em alguém que teme a Deus e evita o mal. Somente esse tipo de pessoa pode ser aprovado por Deus e viver uma vida significativa. Quanto mais aceitarmos o julgamento e o castigo na palavra de Deus, quanto mais tivermos conhecimento da justiça de Dele, mais poderemos compreender e praticar a verdade, e mais conseguiremos viver a verdadeira semelhança humana. Assim, aceitar a obra de julgamento de Deus nos últimos dias é a única senda pela qual podemos escapar da escravidão do pecado e alcançar a purificação e a mudança.”

As palavras de Deus e a comunhão da minha irmã me fizeram entender de repente. Eu costumava pensar que o julgamento de Deus dos últimos dias servia para condenar o pecado de cada pessoa, mas, agora, eu aprendi que Deus, nos últimos dias, utiliza Suas palavras para julgar, castigar, podar e lidar com as pessoas, com o propósito de permitir que elas escapem de seus caracteres corruptos e alcancem a purificação e a mudança, para que elas não sejam mais enganadas e feridas por Satanás. A obra de julgamento de Deus dos últimos dias é muito prática. Eu acreditei no Senhor por muitos anos, mas fui incapaz de encontrar uma maneira de resolver minha natureza pecaminosa. Agora, eu, finalmente, encontrei nas palavras de Deus Todo-Poderoso. Eu confirmei, em meu coração, que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus que retornou.

Um pecador, como eu, ainda pode ser salvo por Deus?

Apesar da minha animação, eu pensei em como acreditei no Senhor por mais de 40 anos e em como O abandonei durante quase 10 anos, nos quais cometi muitos pecados. Ainda era possível que pecadores como eu fossem salvos? Eu não pude deixar de me preocupar.

Em uma reunião, eu expressei minhas preocupações aos irmãos e irmãs, e, depois de me ouvir, uma irmã leu uma passagem da palavra de Deus: “Toda e cada uma das pessoas que tiver aceitado a conquista pelas palavras terá ampla oportunidade de salvação. A salvação por Deus de cada uma dessas pessoas mostrará a Sua extrema leniência, o que significa que lhes será mostrada a suprema tolerância. Desde que as pessoas retornem da senda errada, desde que possam se arrepender, Deus lhes dará a oportunidade de obterem Sua salvação. Quando as pessoas se rebelam contra Deus pela primeira vez, Deus não tem desejo de matá-las, mas faz tudo o que pode para salvá-las. Se alguém realmente não tiver espaço para a salvação, Deus o lançará fora. Deus tarda a punir alguém porque Ele quer salvar todos aqueles que podem ser salvos. Ele julga, ilumina e guia as pessoas somente com palavras e não usa um bastão para matá-las. Usar palavras para salvar pessoas é o propósito e o significado da etapa final da obra.

Ela comungou: “Irmão, pelas palavras de Deus, nós vemos que a essência de Deus é boa. O propósito da obra de Deus dos últimos dias é salvar as pessoas, permitir-nos entender a verdade e não viver com base no caráter corrupto e na regra da existência de Satanás e, no final, sermos salvos e ganhos por Deus. Todos nós fomos profundamente corrompidos por Satanás e, embora os graus de nossos caracteres corruptos sejam diferentes, a essência de nossa natureza é resistir a Deus, e todos nós precisamos aceitar a salvação Dele. Deus está esperando nossa volta para Ele. Se pudermos aceitar o julgamento e o castigo de Deus hoje e nos arrependermos com sinceridade a Ele, então Deus não nos abandonará e sempre nos guiará com Suas palavras. Ele criará uma variedade de ambientes para nos purificar e transformar e, por fim, permitirá que nos tornemos pessoas que vivem de acordo com a vontade Dele. No tempo de Noé, as pessoas banqueteavam, casavam-se e davam-se em casamento, e eram perversas e corruptas a ponto de Deus não conseguir mais olhar para elas. Por isso, Deus decidiu enviar um dilúvio para eliminá-las, mas antes de fazê-lo, Ele lhes deu cem anos para se arrependerem. O povo de Nínive era corrupto, mau e não adorava a Deus, por isso Ele enviou Jonas para avisá-los, e quando eles se arrependeram, vestindo sacos e sentando sobre cinzas, Deus teve misericórdia, permitiu que eles continuassem e os guiou pelo resto de sua existência na terra. Então, devemos acreditar que a essência de Deus é justa e fiel. Se nos arrependermos de verdade, Deus não desistirá de nos salvar.”

Depois de ouvir a palavra de Deus e a comunhão da minha irmã, o peso que estava em meu coração desapareceu. Eu senti a grande misericórdia e salvação de Deus. Somente Ele poderia ser tão tolerante conosco e nos amar tanto. A essência de Deus é tão boa que meu coração ficou comovido de forma especial. Graças a Deus pela Sua salvação! Hoje, posso me colocar diante de Deus Todo-Poderoso e aceitar a Sua obra de julgamento nos últimos dias. Isto é graça e exaltação de Deus verdadeiramente. Portanto, decidi seguir a verdade, me esforçar para escapar de meus caracteres corruptos, viver como um humano verdadeiro e satisfazer a vontade de Deus. Graças a Deus e toda a glória a Deus Todo-Poderoso!

Carta do Editor: A obra de julgamento e castigo é o evangelho de Deus para aqueles que, nos últimos dias, vivem no ciclo de pecado e arrependimento, e que desejam ser purificados. Ela é também a única senda para obtermos a salvação. Queridos irmãos e irmãs, o irmão Tiexin encontrou uma senda para escapar do pecado e obter a salvação, e você? Em seguida, recomendo que assista ao seguinte vídeo: “Filme evangélico ‘Do trono flui a água da vida’ Clipe 9 – Testemunhos da experiência do julgamento de Deus nos últimos dias”.

Por Tiexin, Hong Kong

Você pode gostar também

Como fugir do pecado? As palavras de Deus me mostram o caminho

O que é salvação? Como ganhar a salvação?

Entenda o significado da obra de julgamento de Deus e experimente o verdadeiro amor de Deus

Contate-nos

Esperas ansiosamente pela aparição do Senhor? Como o Senhor aparecerá? Como devemos acolher a Sua aparição? Convidamos-lhe sinceramente a juntar-se a nós na nossa reunião online para conversar sobre esse tópico connosco.