Siga-nos

Aprendendo como reconhecer falsos cristos, eu recebi o Senhor

Aprendendo como reconhecer falsos cristos, eu recebi o Senhor
Este é o momento crucial em que o Senhor retornará. No entanto, por ouvirem os pastores e presbíteros, alguns crentes se colocam em defesa passiva por medo de serem enganados por falsos cristos. E mesmo quando ouvem alguém testemunhando sobre o retorno do Senhor, eles não se atrevem a buscar. Isso pode impedir que eles sejam enganados por falsos cristos, mas torna mais fácil para que eles fechem a porta para o verdadeiro Cristo. Então, como exatamente podemos receber o retorno do Senhor quando nos protegemos dos falsos cristos? A irmã Xiangwang encontrou a resposta para isso. Vamos ver qual foi a experiência dela.

Epígrafe

Agora é o tempo crucial de dar as boas-vindas ao retorno do Senhor. Como podemos distinguir o verdadeiro Cristo dos falsos cristos e acolher o retorno do Senhor? Junte-se a nós agora para discuti-lo online

Desde nova, eu tenho acompanhado minha mãe, uma diaconisa da igreja e professora de escola dominical, em sua crença no Senhor. Eu participava de reuniões com frequência e lia a Bíblia com ela e, quando cresci, passei do grupo infantil para o grupo de adolescentes.

O pastor responsável por pregar ao grupo de adolescentes era doutor em teologia. Muitas vezes, ele nos dizia que ser pastor não era fácil e que, sem a inspiração do Espírito Santo, era muito difícil perseverar no trabalho de pastoreio. Por isso nós o idolatrávamos, acreditando que ele era alguém que agradava a Deus e que recebia inspiração do Espírito Santo. Quando pregava a nós, ele frequentemente usava dois versículos da Bíblia: “Então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo ali! não acrediteis. Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão sinais e prodígios para enganar, se possível, até os escolhidos” (Marcos 13:21-22). Ele nos dizia que muitos cristos falsos apareceriam nos últimos dias e nos exortava a sempre ser cuidadosos e a não ir e ouvir casualmente outros sermões. Especialmente para aqueles de nós que ainda não tinham um fundamento sólido na Bíblia e cuja estatura ainda era pequena demais, ele dizia que era melhor que não ouvíssemos, lêssemos ou investigássemos nenhum sermão pregado por alguém de outra denominação para evitarmos ser enganados.

Além disso, o pastor mencionava também com frequência certas igrejas que devíamos evitar a qualquer custo, incluindo o Relâmpago do Oriente, e ele nos relatou alguma publicidade negativa que estava circulando sobre o Relâmpago do Oriente. Quando os membros do meu grupo ouviram isso, todos eles disseram que evitariam aquela igreja. O pastor pregava muitas vezes que, contanto que lêssemos a Bíblia com frequência, participássemos das reuniões e realizássemos nossas devoções espirituais regularmente, confessássemos nossos pecados e nos arrependêssemos diante do Senhor todos os dias e permanecêssemos alertas a cada momento, então, quando o Senhor viesse, nós seríamos arrebatados para o reino celestial. Eu acreditava firmemente naquilo que ele dizia, não ousava ouvir casualmente sermões pregados em outras igrejas e agia exatamente de acordo com as instruções do pastor. Assim, sentia que já tinha garantido uma posição entre aqueles que aguardavam o retorno do Senhor.

Certo dia em agosto de 2017, de repente, o irmão Hu da nossa igreja veio me visitar na escola e me disse num tom muito sério: “Tenho algo muito importante para lhe dizer. Parece que sua mãe e sua irmã estão agora acreditando no Relâmpago do Oriente”. Fiquei perplexa quando ouvi essa notícia e pensei comigo mesma: “O pastor não está sempre nos exortando a não nos envolvermos com o Relâmpago do Oriente? Como minha mãe pôde começar a acreditar nele?”. Então o irmão Hu me falou sobre a publicidade negativa envolvendo o Relâmpago do Oriente, e, quanto mais eu ouvia, maior ficava meu medo e mais eu entrava em pânico. Não pude parar de pensar: “O que posso fazer? O que posso fazer?”. Naquele momento, o irmão Hu disse: “Corra para casa e pergunte à sua mãe se ela realmente começou a crer no Relâmpago do Oriente. Mas quando perguntar, faça de conta que não sabe de nada. Primeiro ouça o que ela tem a dizer, depois me dê a gravação de sua conversa”. Eu concordei porque temia que minha mãe tinha se desviado.

Como previsto, assim que cheguei em casa, minha mãe me disse que o Senhor Jesus tinha retornado como Deus Todo-Poderoso e que, nos últimos dias, Deus Todo-Poderoso estava expressando muitas palavras e realizando a obra de julgamento, a começar pela casa de Deus, a fim de purificar e mudar o homem e para salvá-lo completamente dos laços do pecado. Ela continuou dizendo que este era o último estágio da obra de Deus para salvar a humanidade e que, se o perdêssemos, não teríamos outra chance de sermos salvos. Ela disse que esperava que eu também me apressaria para investigar a obra de Deus dos últimos dias e participaria de uma reunião com a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Quando ela disse isso, pensei imediatamente na publicidade negativa sobre o Relâmpago do Oriente que o irmão Hu tinha me relatado e senti uma aversão forte ao que ela estava dizendo. Mas, a fim de gravar nossa conversa secretamente, controlei meus sentimentos e continuei a ouvi-la.

No dia seguinte, minha mãe pediu que eu entrasse na internet para uma reunião com as pessoas da Igreja de Deus Todo-Poderoso, mas eu a interrompi imediatamente e disse: “Mãe, não participarei das suas reuniões, e você também não deveria participar mais. Você parece estar se inclinando cada vez mais para o lado deles”. Minha mãe respondeu delicadamente: “Desde que participo das reuniões e comungo com os irmãos e as irmãs da Igreja de Deus Todo-Poderoso, ganhei uma nova percepção e um novo entendimento das palavras de Deus na Bíblia, e sinto seguramente em meu coração que suas comunicações são cheias de luz e que elas resultam do esclarecimento do Espírito Santo. Além disso, as palavras de Deus Todo-Poderoso têm resolvido grande parte da minha confusão, e agora tenho certeza absoluta de que a Igreja de Deus Todo-Poderoso tem definitivamente a obra do Espírito Santo e que as palavras expressadas por Deus Todo-Poderoso são a verdade…”. Àquela altura, minha mente estava cheia de noções sobre o Relâmpago do Oriente, e eu simplesmente não pude aceitar nada daquilo que minha mãe dizia. Depois, entrei na internet para mostrar à minha mãe algo da publicidade negativa que envolvia o Relâmpago do Oriente e que o irmão Hu tinha me relatado, e eu disse: “Está vendo, mãe? Tudo é dito claramente aqui na internet, e nosso pastor nos diz com frequência que não devemos investigar o Relâmpago do Oriente. Por favor, diga-me que, a partir de agora, você não terá mais nada a ver com ele”.

Minha mãe não deu atenção à publicidade negativa e simplesmente continuou a falar comigo pacientemente, dizendo: “Minha querida filha, o governo chinês comunista é uma organização ateísta, que despreza a aparição e a obra de Deus e desdenha qualquer um que tenha uma crença religiosa. Na China, o governo do Partido Comunista Chinês condena o protestantismo e catolicismo como cultos e a Bíblia como um livro cultista, queimando ou destruindo inúmeros exemplares, e agora até baniu sua venda na China. Muitos protestantes e católicos têm sido presos, perseguidos e encarcerados pelo governo do PCC, e alguns até têm sido mutilados ou mortos. Grupos internacionais de direitos humanos e nações ocidentais têm denunciado com veemência o governo comunista chinês muitas vezes. Você realmente pode acreditar nas palavras de um regime satânico que tanto se opõe a Deus? Ele é qualificado para avaliar e condenar a aparição e a obra de Deus? E por que os pastores e presbíteros não nos permitem investigar a obra de Deus dos últimos dias? Suas ações se conformam aos ensinamentos do Senhor? O Senhor Jesus nos disse: ‘Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus’ (Mateus 5:3). As palavras do Senhor nos mostram que o Senhor quer que busquemos de mente aberta e que investiguemos ativamente quando ouvimos alguém testificar o retorno do Senhor, pois apenas assim podemos acolher o retorno do Senhor. Minha querida filha, como crentes no Senhor, por que ouvimos as opiniões de outras pessoas, mas não prestamos atenção nas palavras do Senhor? Se acreditarmos naquilo que o pastor diz e na publicidade negativa emitida por aquele regime satânico e se nos tornarmos passivos e cautelosos quando ouvimos alguém testificar o retorno do Senhor, isso está de acordo com a vontade do Senhor? Quando fazemos isso, não estamos contrariando as palavras do Senhor? Os crentes judeus no tempo de Jesus não buscaram ou investigaram as palavras e a obra do Senhor, em vez disso, acreditaram cegamente nos rumores sobre o Senhor fabricados pelos fariseus e, assim, resistiram e condenaram o Senhor Jesus e finalmente o crucificaram na cruz e foram punidos por Deus. Devemos aprender a lição do fracasso dos judeus e evitar que percamos nossa chance de acolher o Senhor. Apocalipse profetiza muitas vezes: ‘Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas’ (Apocalipse 2, 3). Esse versículo nos mostra que, quando o Senhor retornar, Ele também expressará Suas palavras, e se desejarmos acolher Seu retorno, devemos aprender a ouvir a voz de Deus. É apenas lendo e investigando as palavras de Deus Todo-Poderoso que você saberá se elas são, ou não, a voz de Deus”. Após expressar sua opinião, minha mãe pegou um livro intitulado de “Declarações de Cristo dos últimos dias” e quis dá-lo para mim.

Olhei para o livro nas mãos dela, mas não o peguei. Eu ainda não podia aceitar o que ela estava dizendo, por isso eu disse simplesmente: “Não quero lê-lo”. Então me virei e fui para o meu quarto.

Sentada à minha escrivaninha, eu me acalmei e refleti sobre o que minha mãe acabara de dizer. Pensei comigo mesma: “O que mamãe disse não é errado. O Relâmpago do Oriente testifica que o Senhor retornou, mas eu acreditei cegamente naquilo que o pastor diz e na publicidade negativa sobre o Relâmpago do Oriente feita pelo governo comunista chinês sem nem mesmo ter lido as palavras expressadas por Deus Todo-Poderoso. Suponho que tenha sido uma decisão um tanto arbitrária da minha parte. Se Deus Todo-Poderoso realmente for o Senhor Jesus retornado e eu me recusar a aceitá-Lo, eu perderei minha chance de acolher o Senhor. Mas o pastor sempre prega que cristos falsos aparecerão nos últimos dias, e se eu me desviar, minha crença no Senhor não terá sido em vão?”. Meu coração pendia ora para lá, ora para cá, e eu simplesmente não sabia em quem acreditar, então clamei ao Senhor: “Ó Senhor! Sempre ansiei pelo Teu retorno, mas agora temo ser enganada pelos falsos cristos que aparecem nos últimos dias. Ó Senhor! As pessoas do Relâmpago do Oriente estão agora testificando que Tu retornaste, então, se realmente retornaste como Deus Todo-Poderoso, peço que Tu me ilumines e guies e me permitas reconhecer a Tua voz”.

No dia seguinte, minha mãe me encorajou novamente a participar de uma de suas reuniões. Após alguma hesitação, decidi entrar na internet e ouvir o que eles tinham a dizer. No início da reunião, eu me senti muito agitada e realmente não prestei atenção naquilo que os irmãos e irmãs estavam comunicando. Mais tarde, o irmão Zhang comungou sobre aspectos da verdade, como, por exemplo, o plano de administração de Deus para salvar a humanidade, o mistério dos três estágios da obra de Deus e também a obra de julgamento que Deus realiza nos últimos dias; meu coração foi atraído, e quanto mais eu ouvia, mais fresco e mais novo tudo parecia ser. Apesar de já ter participado de estudos bíblicos anteriormente, os pregadores só tinham falado sobre a natureza milagrosa da obra de Deus, mencionando os milagres que Ele realizava, ou sobre como os santos do passado tinham obedecido a Deus para realizar as comissões de Deus e assim por diante. Jamais tinham mencionado qualquer coisa sobre o plano de administração de Deus para salvar a humanidade. A comunicação do irmão Zhang me permitiu ganhar algum entendimento referente à obra de Deus de administrar a humanidade; eram coisas que eu nunca tinha entendido antes apesar de ter lido a Bíblia durante tantos anos. Quando a reunião terminou, eu já tinha mudado minha opinião. Decidi que investigaria primeiro a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias e que apagaria a gravação que eu tinha feito da conversa com minha mãe.

Durante a nossa reunião no terceiro dia, discutimos a diferença entre as virgens sábias e as virgens tolas. O irmão Zhang disse: “As virgens sábias são sábias porque anseiam pela aparição de Deus e sabem como ouvir a voz de Deus. Elas são inteligentes, possuem calibre e são pessoas que amam e buscam a verdade. Consequentemente, quando ouvem a notícia de que o Senhor veio, elas buscam e investigam ativamente — pessoas desse tipo não podem ser enganadas por cristos falsos. As virgens tolas não amam a verdade, não dão atenção a ouvir a voz de Deus, nem sabem como fazê-lo; estão confusas e não têm discernimento e, no que diz respeito ao retorno do Senhor, elas só conseguem se agarrar às suas próprias noções e imaginações para resistir e condenar a obra de Deus. Alguns irmãos e irmãs, por exemplo, não dão importância a ouvir as palavras do Senhor em sua crença Nele, em vez disso, acreditam o que os pastores e presbíteros dizem. Não importa o que os pastores e presbíteros digam, é nisso que elas acreditam e, apesar de crerem no Senhor nominalmente, na verdade, elas seguem e obedecem aos pastores e presbíteros. Então há alguns irmãos e irmãs que se concentram exclusivamente em se proteger cegamente contra cristos falsos e não buscam ou investigam nem mesmo quando ouvem alguém espalhar a notícia do retorno do Senhor — isso não é semelhante a desistir de comer por medo de engasgar? Pessoas assim são capazes de acolher o retorno do Senhor?”

As palavras do irmão Zhang causaram em mim um surto repentino de percepção, e pensei: “É isso! Tenho acreditado naquilo que meu pastor prega por tanto tempo e não investiguei a obra de Deus dos últimos dias. Se Deus Todo-Poderoso realmente é o Senhor Jesus retornado, eu não fui exposta como uma virgem tola? O Senhor Jesus disse: ‘Pedí, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei e abrir-se-vos-á’ (Mateus 7:7). Eu sempre vivi na expectativa de acolher o Senhor, e agora a Igreja de Deus Todo-Poderoso está testificando que o Senhor retornou. Devo ser uma virgem sábia e buscar e investigar ativamente a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias, pois apenas isso está de acordo com a vontade de Deus”. E assim decidi continuar investigando a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias.

Na reunião do dia seguinte, perguntei: “Irmão, ontem você comungou que a chave para ser uma virgem sábia é concentrar-se em ouvir a voz de Deus. Sinto que agora tenho uma senda para seguir e investigar a obra de Deus dos últimos dias, mas meu pastor costuma dizer em seus sermões que cristos falsos aparecerão nos últimos dias para enganar as pessoas, como, então, devo discernir entre o Cristo verdadeiro e cristos falsos? Não entendo esse aspecto da verdade, então estava me perguntando se você poderia compartilhar sua comunicação comigo”.

O irmão Zhang disse: “A pergunta que você fez é crucial, pois está diretamente relacionada a se podemos ou não acolher o retorno do Senhor. Contanto que consigamos entender a verdade sobre discernir entre o Cristo verdadeiro e os cristos falsos, então, não importa como os cristos falsos possam tentar personificar Deus, nós não seremos enganados por eles. No que diz respeito a como discernir entre o Cristo verdadeiro e cristos falsos, o Senhor diz: ‘Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos’ (Mateus 24:23-24). As palavras do Senhor nos dizem claramente que, nos últimos dias, cristos falsos usarão principalmente sinais e maravilhas para enganar as pessoas. Visto que cristos falsos carecem de verdade e sua essência é a de espíritos malignos e demônios, eles só podem imitar a obra passada de Deus e realizar alguns sinais e maravilhas simples ou então interpretar a Bíblia de forma errada para confundir as pessoas com teorias arcanas. Apenas Cristo é a verdade, o caminho e a vida, e apenas Ele pode expressar a verdade, mostrar-nos o caminho e dar-nos vida. Todos que chamam a si mesmo de Cristo, mas não conseguem expressar a verdade são certamente cristos falsos e impostores, e esse é o princípio que nos permite ter uma discriminação básica dos cristos falsos”.

Após ouvir a comunicação do irmão, eu li essa passagem das Escrituras repetidas vezes com cuidado, e, de repente, tudo ficou claro: “Sim, a Bíblia realmente diz que cristos falsos realizarão grandes sinais e maravilhas para enganar as pessoas. Como, então, aqueles pastores que conhecem tão bem a Bíblia podem não ter visto esse princípio que nos permite discernir cristos falsos?”.

Então, o irmão Zhang enviou uma passagem das palavras de Deus Todo-Poderoso: “Se, durante o dia de hoje, surgir uma pessoa que seja capaz de mostrar sinais e maravilhas, expulsar demônios, curar os doentes e realizar muitos milagres e, se essa pessoa afirmar que ela é Jesus que veio, então isso seria a fraude dos espíritos malignos e sua imitação de Jesus. Lembre-se disso! Deus não repete a mesma obra. A etapa da obra de Jesus já foi concluída e Deus nunca mais realizará aquele estágio da obra. […] Se, durante os últimos dias, Deus ainda mostrasse sinais e maravilhas, e ainda expulsasse demônios e curasse os doentes — se Ele fizesse exatamente o mesmo que Jesus — então Deus estaria repetindo a mesma obra e a obra de Jesus não teria significado ou valor. Assim, Deus realiza uma etapa de obra em cada era. Uma vez que cada etapa de Sua obra foi concluída, logo é imitada por espíritos malignos e, depois que Satanás começa a seguir os passos de Deus, Deus muda para um método diferente. Uma vez que Deus completou uma etapa de Sua obra, ela é imitada por espíritos malignos. Isso deve estar claro para vocês” (de ‘Conhecer a obra de Deus hoje’ em “A Palavra manifesta em carne”).

O irmão Zhang comungou, dizendo: “As palavras de Deus Todo-Poderoso nos mostram que Deus é um Deus sempre novo e nunca velho, e Ele nunca fez a mesma obra duas vezes. Sempre que Deus inicia um novo estágio de obra, Ele expressa novas palavras e dá ao homem novas sendas de prática. Por exemplo, quando o Senhor Jesus veio, Ele não repetiu a obra de promulgar as leis e mandamentos, em vez disso, usou aquela obra como base para realizar a obra de remir toda a humanidade e deu às pessoas daquele tempo novas maneiras de praticar. Por exemplo, ensinou as pessoas a confessar e se arrepender, a amar seus inimigos, a aprender a perdoar, a amar umas às outras e assim por diante. Agora, Deus Todo-Poderoso veio nos últimos dias, e Ele não expressa novamente o caminho do arrependimento, em vez disso, usa a obra da redenção como base para realizar a obra de julgar e purificar o homem através de palavras. Durante esse estágio de obra, Deus não realiza sinais e maravilhas, em vez disso, expressa Suas palavras de modo prático a fim de revelar nossos caracteres corruptos e julgar nossa injustiça. Ao mesmo tempo, Deus nos concede todas as verdades que necessitamos para alcançar salvação verdadeira e nos capacita a entender a senda da mudança de caráter, através da qual podemos nos livrar dos nossos caracteres corruptos e ser guiados por Deus para o Seu reino. A maioria dos cristos falsos, por sua vez, são possuídos por espíritos malignos e são todos excepcionalmente arrogantes e absurdos. São incapazes de iniciar novas eras, tampouco podem encerrar eras, muito menos expressar a verdade para mostrar às pessoas a senda da mudança de caráter. Tudo que podem fazer é imitar a obra passada do Senhor Jesus e realizar alguns sinais e maravilhas simples para enganar as pessoas. No entanto, quanto aos grandes milagres que o Senhor Jesus realizou, como trazer mortos de volta para a vida e alimentar cinco mil com dois peixes e cinco pães, os cristos falsos são simplesmente incapazes de imitar esses feitos, pois apenas Deus possui tal autoridade e poder, e cristos falsos jamais poderiam alcançar tais coisas”.

Foi apenas através da comunicação do irmão que vim a entender que a obra de Deus é sempre nova e nunca velha e que cristos falsos só são capazes de imitar a obra passada de Deus e realizar alguns sinais e maravilhas simples. No entanto, são incapazes de fazer a obra de Deus, e, contanto que entendamos os princípios por trás da obra de Deus, nós não seremos enganados. No passado, eu sempre tive medo de ser enganada e, por isso, não ousava ouvir nenhum sermão dado pelo Relâmpago do Oriente, muito menos buscar e investigar a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias. Em vez disso, eu me enclausurava na igreja, ouvia os sermões ali e louvava o Senhor, acreditando que esse era o caminho mais seguro a seguir e que eu seria reunida com o Senhor no futuro. Refletindo sobre isso agora, porém, ser tão passiva e reservada e não buscar proativamente as declarações do Senhor nos últimos dias tinha realmente me deixado suscetível a perder a chance de acolher o Senhor.

O irmão Zhang continuou sua comunicação, dizendo: “Deus é a verdade, o caminho e a vida, e além de discernir entre o Cristo verdadeiro e cristos falsos pelos princípios da obra de Deus, podemos discerni-los também pela essência de Cristo”. A essa altura, o irmão Zhang enviou uma passagem das palavras de Deus: “Deus tornado carne é chamado de Cristo, logo, o Cristo que pode dar a verdade às pessoas é chamado de Deus. Não há nada de excessivo nisso, pois Ele possui a substância de Deus e possui o caráter de Deus e sabedoria em Sua obra, que são inalcançáveis pelo homem. Aqueles que se dizem Cristo, mas não podem fazer a obra de Deus são fraudes. Cristo não é meramente a manifestação de Deus na terra, mas também a carne específica assumida por Deus enquanto Ele realiza e conclui Sua obra entre os homens. Essa carne não é do tipo que pode ser substituída por qualquer homem, mas do tipo que é capaz de suportar adequadamente a obra de Deus na terra, de expressar o caráter de Deus, de representar bem a Deus e de fornecer vida ao homem. Cedo ou tarde, todos aqueles que personificam Cristo cairão porque, embora aleguem ser Cristo, nada possuem da substância de Cristo. E por isso Eu digo que a autenticidade de Cristo não pode ser definida pelo homem, mas é respondida e decidida pelo Próprio Deus” (de ‘Só o Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna’ em “A Palavra manifesta em carne”).

O irmão Zhang continuou sua comunicação, dizendo: “As palavras de Deus nos mostram que Cristo é a encarnação do Espírito de Deus — Ele possui uma essência divina, Ele realiza a obra de Deus, Ele expressa o caráter de Deus, Ele pode expressar a verdade para suprir e pastorear o homem a qualquer hora e em qualquer lugar, e apenas Cristo pode realizar a obra de salvar o homem. O Senhor Jesus era Cristo, por exemplo, e Sua aparição e obra encerraram a Era da Lei e iniciaram a Era da Graça. Ele também falou Suas palavras para conceder à humanidade o caminho do arrependimento, a fim de capacitá-la a conhecer claramente a vontade e as exigências de Deus e a dar-lhe um caminho a seguir quando surgissem dificuldades. Através das palavras do Senhor Jesus, o homem soube como orar ao Senhor, como conviver com os outros, como perdoar aos outros e assim por diante. Além do mais, o Senhor Jesus expressou Seu caráter de bondade amorosa e misericórdia, Ele curou os enfermos, expulsou demônios e concedeu infinita graça ao homem. No fim, Ele foi crucificado para redimir a humanidade, completando assim a obra de remir toda a humanidade e de nos salvar dos laços e grilhões da lei, poupando-nos também do perigo de sermos condenados e executados por violarmos a lei. Essas são apenas algumas das coisas que o Senhor Jesus fez, e nenhum outro poderia ter feito isso em Seu lugar. A obra e as palavras do Senhor Jesus nos mostram que Ele é a verdade, o caminho e a vida. Semelhantemente, Deus se tornou carne mais uma vez nos últimos dias e encerrou a Era da Graça e iniciou a Era do Reino. Ele professou milhões de palavras, Ele realiza a obra de julgamento e purificação e expressa o caráter justo de Deus, que é majestoso, irado e não pode ser ofendido. As palavras expressadas por Deus Todo-Poderoso não só desvelam o mistério de todo o plano de administração de Deus e o fim e o último destino do homem, mas também expõem com perfeita clareza as verdades que necessitamos para sermos purificados e alcançarmos a salvação verdadeira de acordo com as nossas necessidades. Por exemplo, ele explica como Satanás corrompe o homem, a verdade da corrupção do homem às mãos de Satanás, como Deus julga e purifica os caracteres corruptos do homem, como o homem deve crer em Deus e obedecer a Ele, que tipo de pessoa Deus ama e que tipo de pessoa Ele detesta e elimina, como devemos buscar a fim de sermos aperfeiçoados por Deus e assim por diante. Através da experiência do julgamento e castigo das palavras de Deus, vemos claramente a essência e raiz da nossa corrupção por Satanás e entendemos o caráter justo e santo de Deus que não pode ser ofendido. Então não temos como não cair no chão diante de Deus em remorso verdadeiro, tornamo-nos cada vez mais reverentes a Deus e, aos poucos, nos livramos dos nossos caracteres satânicos corruptos e dos laços do pecado e alcançamos a verdadeira salvação de Deus. As declarações e a obra de Deus Todo-Poderoso nos trazem a verdade, o caminho e a vida — Deus Todo-Poderoso é o Próprio Deus e é o Cristo tornado carne. Cristos falsos não possuem a essência de Deus e não podem expressar a verdade, muito menos podem realizar a obra de salvar a humanidade. Só podem fazer pronunciamentos especiosos para enganar e prejudicar as pessoas. Quando alguém dá ouvidos a eles, ele não só não recebe nenhum suprimento, mas, além disso, seu coração se torna cada vez mais escuro, ele afunda cada vez mais e não tem para onde correr e, inevitavelmente, acaba sendo devorado por Satanás. Portanto, somos capazes de afirmar com base nas declarações, na obra e no caráter que Deus expressa se Ele é o Cristo encarnado”.

Após ouvir as palavras de Deus Todo-Poderoso e a comunicação do irmão, eu entendi completamente a verdade de como discernir entre o Cristo verdadeiro e cristos falsos. Apenas Cristo é a verdade, o caminho e a vida, e apenas Cristo pode expressar a verdade e realizar a obra do Próprio Deus. Todos que se chamam de Cristo, mas são incapazes de expressar a verdade e que não conseguem realizar a obra de salvar o homem são cristos falsos. Finalmente, eu tinha encontrado o caminho para avançar e não adotava mais cegamente uma postura defensiva e passiva por medo de ser enganada por cristos falsos. Graças a Deus!

Depois disso, o irmão Zhang comungou sobre outras verdades, como, por exemplo, o mistério da encarnação, a diferença entre a obra de Deus e o trabalho do homem, a história por trás da Bíblia e mais. Quanto mais ouvia, mais eu me sentia saciada, e cada dia eu ansiava por participar das reuniões com os irmãos e irmãs. Sempre que uma reunião terminava, minha mãe e eu discutíamos a nova luz que tínhamos alcançado através da reunião e, aos poucos, eu vim a ter algum entendimento da obra de Deus dos últimos dias. Após um período de buscar e investigar, eu adquiri a certeza de que Deus Todo-Poderoso era realmente o Senhor Jesus retornado. Então comecei a espalhar o evangelho e a compartilhar a notícia do retorno do Senhor com um número ainda maior de pessoas que ansiavam pela aparição de Deus.

Mais tarde, minha mãe e eu fomos para a nossa igreja antiga para participar do culto da sexta-feira. Quando a reunião terminou, para a nossa surpresa, o pastor começou a passar um vídeo que levantava acusações falsas contra a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Quando vi os rumores fabricados e a calúnia com que atacavam a Igreja de Deus Todo-Poderoso, eu fiquei zangada e pensei: “A Igreja de Deus Todo-Poderoso não é nada como dizem. Eles não tiveram nenhum contato com a Igreja de Deus Todo-Poderoso e tampouco investigaram a obra de Deus dos últimos dias. Como podem julgar a obra de Deus sem base nenhuma e de forma tão arbitrária?”.

Quando o vídeo terminou, o pastor, dois diáconos e dois membros do conselho da igreja pediram que minha mãe e eu ficássemos. O pastor nos perguntou: “Vocês duas são agora crentes em Deus Todo-Poderoso?”. Respondemos: “Sim”.

No instante em que dissemos isso, um dos diáconos saltou de sua cadeira e, apontando para a minha mãe, disse ferozmente: “Então agora você acredita em Deus Todo-Poderoso? A partir de amanhã, você está proibida de ensinar na escola dominical. Amanhã à tarde, irei até a sua casa e pegarei de volta o dinheiro da igreja”.

Minha mãe disse: “Pode pegá-lo quando quiser”.

O pastor disse irritado: “Todo o mundo religioso resiste e condena a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Por que você insistiria em manter contato com ela?”.

Minha mãe retrucou, dizendo: “Pastor, o mundo religioso possui a verdade? O Senhor Jesus disse alguma vez que só podemos acolher o Senhor se seguirmos o mundo religioso? Quando o Senhor Jesus apareceu e realizou Sua obra tantos anos atrás, os líderes judeus não só se recusaram a buscar e investigar Sua obra pessoalmente, como também impediram que crentes a aceitassem e até inventaram rumores sobre o Senhor Jesus, resistindo, julgando e blasfemando freneticamente contra Ele. No fim, ofenderam o caráter de Deus e foram amaldiçoados e punidos por Deus. Se agíssemos de acordo com o que você diz, que qualquer caminho ao qual o mundo religioso resiste e que ele condena não é o caminho verdadeiro, isso não significaria que você está negando até a obra do Senhor Jesus? Você se recusa a buscar ou investigar a obra de Deus dos últimos dias porque o mundo religioso resiste e condena a Igreja de Deus Todo-Poderoso — isso está de acordo com as palavras do Senhor? Como pastor e diáconos da igreja, por que vocês condenam e julgam arbitrariamente a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias sem mesmo se importarem de investigá-la? Lendo muitas das palavras de Deus Todo-Poderoso, vendo que as palavras de Deus Todo-Poderoso são a verdade e a voz de Deus, adquirimos a certeza de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado”. Para a minha surpresa, eles demonstraram um desprezo desdenhoso por aquilo que minha mãe tinha dito e não aceitaram nada daquilo.

Minha mãe abriu um aplicativo em seu celular e leu as palavras de Deus Todo-Poderoso para eles. Então um dos membros do conselho da igreja falou de forma muito arrogante e vez alguns comentários blasfemos sobre Deus Todo-Poderosos. Minha mãe disse irritada: “Vocês são tão incrivelmente arrogantes. Essas palavras são a verdade — vocês não conseguem reconhecer isso? Vocês não conseguem entender a voz de Deus quando a ouvem? Vocês são realmente ovelhas de Deus?”

Com sorrisos sem graça, eles nos fixaram com desdém. Então o pastor disse com arrogância: “Aquele que aguardamos é o Senhor Jesus que tem ferimentos de pregos em Suas mãos e que vem com a aparência de um judeu. Não aceitaremos nada além do Senhor Jesus, mesmo que aquilo que Deus Todo-Poderoso expressa seja a verdade”. Quando vimos como eles estavam sendo teimosos, minha mãe e eu desistimos de tentar falar com eles. Vi que seu comportamento era exatamente igual ao dos fariseus que tinham resistido ao Senhor Jesus; eles acreditavam em Deus, mas não buscavam a verdade, tampouco se concentravam em ouvir a voz de Deus. Em vez disso, eram apenas arrogantes e presunçosos, agarrando-se teimosamente às suas próprias noções e imaginações e julgando e resistindo arbitrariamente à obra de Deus — eram, de fato, aqueles que pareciam servir a Deus, mas que, na verdade, resistiam a Ele.

Então o pastor nos ameaçou, dizendo: “Nós lhes daremos um mês para repensar. Se ainda persistirem em sua crença em Deus Todo-Poderoso em um mês, eu expulsarei vocês da nossa igreja”.

Indignada, eu disse: “Não precisa esperar um mês. Pode nos expulsar agora mesmo. Após gastarmos esse tempo buscando e investigando a obra de Deus dos últimos dias, já temos certeza de que Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus retornado. Finalmente ouvimos a voz de Deus, então, mesmo que você não nos expulse agora, não voltaremos para participar de reuniões nesta igreja”.

O pastor baixou sua voz e disse maliciosamente: “Isso não funcionará. Se expulsarmos vocês agora, o que os irmãos e irmãs pensarão de nós? Dirão que nós expulsamos vocês apenas por frequentarem algumas reuniões na internet e assim pareceremos totalmente desalmados. Daqui a um mês, diremos aos irmãos e irmãs na nossa igreja que fizemos de tudo para aconselhar vocês e que lhes demos tempo suficiente para repensar, mas, no fim, vocês persistiram em crer em Deus Todo-Poderoso e decidiram sair da igreja, e somente então nós expulsamos vocês”.

Quando ouvi o pastor dizer isso, eu me senti enojada e não queria dizer mais nada a eles. Então comecei a sair, arrastando minha mãe comigo. Quando estávamos saindo, o pastor nos alertou: “Cabe a vocês a decisão de crerem em Deus Todo-Poderoso ou não, mas não permitirei que tenham qualquer contato com os irmãos e irmãs da nossa igreja”.

Quando saímos da igreja, já tinha passado da uma da manhã. Enquanto refletia sobre o que tinha acabado de acontecer, eu não conseguia acreditar que o pastor, o pregador que sempre tínhamos venerado por sua moralidade e virtude, era capaz de se comportar dessa forma. Naquele momento, as palavras de Deus me vieram à mente: “Aqueles que leem a Bíblia em igrejas majestosas a recitam todos os dias, mas ninguém compreende o propósito da obra de Deus. Nem um é capaz de conhecer Deus; além disso, nem um está de acordo com o coração de Deus. Todos eles são homens inúteis e vis, cada um se achando na posição de ensinar Deus. Embora ostentem o nome de Deus, eles intencionalmente se opõem a Ele. Embora se rotulem como crentes em Deus, eles são aqueles que comem a carne e bebem o sangue do homem. Todos esses homens são diabos que devoram a alma do homem, demônios chefes que atrapalham propositalmente aqueles que tentam entrar na senda certa e pedras de tropeço que obstruem a senda daqueles que buscam a Deus. Apesar de serem “carne robusta”, como seus seguidores podem saber que são anticristos que conduzem o homem em oposição a Deus? Como podem saber que são diabos vivos que procuram especialmente almas para devorar?” (de ‘Todos os que não conhecem a Deus são pessoas que se opõem a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Eu sempre tinha pensado que os pastores e presbíteros eram servos do Senhor e que eles deviam ter o melhor entendimento da Bíblia e ser aqueles que mais se conformavam à vontade de Deus. Sempre tinha pensado que, quando o Senhor retornasse, eles definitivamente seriam capazes de acolher o Senhor. Jamais teria imaginado que, quando o pastor ouvisse a notícia do retorno do Senhor, ele não só não a buscaria ou investigaria, mas que também se tornaria tão arrogante e hipócrita, agarrando-se teimosamente às suas noções e imaginações e que ele julgaria e condenaria Deus e a obra de Deus dos últimos dias. Ele carecia completamente de um coração temente a Deus, ao ponto de, sob o disfarce de “proteger o rebanho”, obstruir e impedir crentes de investigarem a obra de Deus dos últimos dias apenas para manter seu próprio status e subsistência. No caso daqueles crentes que aceitavam a obra de Deus dos últimos dias, os pastores e presbíteros recorriam a intimidá-los com ameaças de expulsão da igreja e até levavam outros irmãos e irmãs em sua igreja a rejeitá-los para que não fossem capazes de pregar o evangelho aos seus irmãos e irmãs. Como eram sinistros e maliciosos! A fim de manter suas posições e sua subsistência, no tempo de Jesus, os fariseus resistiram e condenaram selvagemente o Senhor e O crucificaram na cruz. Os pastores e presbíteros de hoje possuem exatamente a mesma essência dos fariseus — eles são os anticristos que foram expostos pela obra de Deus dos últimos dias e são os demônios que devoram a alma do homem. Naquele momento, finalmente entendi completamente que, quando alguém crê em Deus sem conhecer a Deus ou Sua obra, não importa o quanto pareçam sofrer ou o quanto pareçam se despender, eles sempre resistirão a Deus e ofenderão Seu caráter confiando em seus caracteres satânicos arrogantes e presunçosos.

Naquele momento, tive que expressar minha gratidão e louvar a Deus em meu coração. Em retrospectiva, eu tinha sido enganada pela aparência santimonial dos pastores e presbíteros e sempre tinha idolatrado eles, seguido e obedecido a eles. Quando se tratava da questão de acolher o Senhor, eu tinha até acompanhado eles e resistido a Deus. Quando Deus expôs como eles realmente eram, Ele finalmente me permitiu enxergar a essência demoníaca dos pastores e presbíteros que odeia a verdade e a Deus, e então fui capaz de atravessar o labirinto que eles tinham construído para mim e acolher o retorno do Senhor. Eu realmente dou graças a Deus por me salvar e desejo buscar a verdade com seriedade na senda de fé em Deus para que eu possa retribuir o amor de Deus!

Por Xiangwang, Malásia

Clique para ler mais

Contate-nos

Diante da proibição de reuniões da igreja durante o COVID-19, o que os cristãos devem fazer? Clique para se juntar a nós em nossas reuniões online.

Venha conversar com a gente! Converse conosco no WhatsApp
WhatsApp

Por favor, leia e concorde com a nossa política de privacidade abaixo para começar a conversar com a gente.

Você leu e concordou com a nossa política de privacidade?