Menu

Testemunho Cristão: Ela encontrou o caminho para se libertar do pecado (II)

como se libertar do pecado

A irmã Lucy comungou: “Por que os crentes no Senhor Jesus ainda vivem no ciclo de pecar e confessar? Esta é uma questão crítica para nós. A Bíblia diz: ‘Porque o salário do pecado é a morte’. Enquanto ainda formos pecaminosos, não podemos entrar no reino de Deus. Portanto, é essencial que nós encontremos uma forma de ser purificada do pecado, e assim que o fizermos devemos ter certeza disso. Todos consideramos que, contanto que creiamos no Senhor Jesus, oremos e nos arrependamos com Ele, nossos pecados serão perdoados. Entretanto, não sabemos o motivo porque vivemos no ciclo de pecar e nos arrepender, sem forma de sairmos disso. De fato, isso tudo é porque não temos uma compreensão da obra de Deus. Como todos sabemos, na Era da Lei, quando as pessoas cometiam pecados, elas expiravam seus pecados oferecendo sacrifícios, e seus pecados seriam perdoados contato que fizessem ofertas adequadas de acordo com a lei. Mas no período final da Era da Lei, conforme as pessoas cometiam pecados demais, tinham cada vez menos sacrifícios a oferecer, então ofertavam sacrifícios inadequados para enganar a Deus, com o resultado de que toda a humanidade enfrentava o perigo de ser legitimamente condenada e executada. Sob essas circunstâncias, de acordo com nossa necessidade, o Senhor Jesus foi encarnado como o Filho do homem, e pregado à cruz por nós, para redimir toda a humanidade. Contanto que oremos no nome do Senhor Jesus e admitamos nossos pecados e nos arrependamos, nossos pecados serão perdoados e não estaremos mais sujeitos à condenação e punição de acordo com Sua lei. Deus não nos considerará mais como pecadores e poderemos orar e clamar diretamente a Ele, e compartilhar de Sua abundante graça e verdade. Entretanto, isso não significa que não temos uma natureza pecaminosa dentro de nós. A obra do Senhor Jesus foi a de salvar o homem da condenação e laços da lei, mas não a de mudar o caráter de vida das pessoas nos últimos dias. De fato, a causa raiz de estarmos sempre cometendo pecados é a natureza de Satanás dentro de nós. Todos os tipos de filosofias, pensamentos e visões satânicas existem dentro desta natureza satânica. Se isso não for resolvido, jamais podemos escapar da situação de pecar de dia e confessar à noite. No passado, tínhamos longanimidade, paciência e perdão em relação aos outros, e podíamos também fazer algo que fosse benéfico aos demais. Mas essas são apenas boas ações temporárias, em vez da vida que deveríamos levar depois que nossos pecados são purificados. Assim que perdemos a obra do Espírito Santo e a presença de Deus, repetiremos os erros do passado: Dominados pela natureza de Satanás, revelaremos nossos caráteres corrompidos, perdendo a cabeça, sendo arrogantes, convencidos e insuportavelmente prepotentes, e assim por diante. O que vivemos é a imagem de Satanás. Além disso, no passado, quando corríamos diligentemente por aí e trabalhávamos para o Senhor, fazíamos sacrifícios, esforços e doávamos para caridade, pensávamos que estávamos praticando o amor ao Senhor. De fato, essas são apenas algumas boas ações externas e contêm muitos elementos de hipocrisia. Muitas de nossas boas ações são dominadas pela intenção de sermos abençoados, e são apenas para conduzir uma transação com Deus, de forma que possamos trocar nosso sacrifício externo pelas bênçãos do reino celestial, o que não é praticar o amor ao Senhor no verdadeiro sentido. Pode-se dizer que, direcionados pelos pensamentos e vistas de Satanás, “Cada um por si e o demônio pega quem fica por último”, corríamos por aí e trabalhávamos pelo Senhor. Mas não estávamos amando ao Senhor com todo nosso coração, alma e mente. Em resumo, se esta natureza satânica não for resolvida, ainda podemos pecar e resistir a Deus mesmo se nossos pecados forem perdoados, e nunca seremos capazes de alcançar uma compatibilidade com Deus. Portanto, o Senhor Jesus disse que Ele viria, o que significa que vem para purificar e salvar completamente a humanidade, e esta é a obra de julgamento dos últimos dias”.

Através da revelação das palavras de Deus e da comunhão da irmã, entendi a razão por que sempre falhava em me libertar do controle de minha natureza pecaminosa. Demonstrou-se que em meu coração ainda havia a natureza satânica – vários pensamentos, vistas e filosofias de Satanás, que não haviam sido purificadas na Era da Graça. Portanto, dominada por essas coisas, não podia me impedir de revelar meu caráter corrompido. Depois disso, também lhes perguntei como Deus Todo-Poderoso julga e castiga as pessoas nos últimos dias, de forma que possam alcançar pureza e transformação. As irmãs então continuaram a ler as palavras de Deus e a comungar.

As palavras de Deus dizem: “Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Essas palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Essas palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, essas palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a corporificação de Satanás e uma força inimiga contra Deus. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não torna clara a natureza do homem simplesmente com algumas palavras; Ele também expõe, trata e poda a longo prazo. Esses métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo podem ser chamados de julgamento; só por meio de julgamento desse tipo é que o homem pode ser subjugado e completamente convencido a se submeter a Deus e, além disso, ganhar verdadeiro conhecimento de Deus. O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconheça e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Esses efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de revelar a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele. Essa obra é a obra de julgamento realizada por Deus”.

Deus tem muitos meios de aperfeiçoar o homem. Ele emprega todo tipo de ambientes para lidar com o caráter corrupto do homem e utiliza várias coisas para desnudar o homem; num aspecto, Ele lida com o homem, em outro, Ele o desnuda, e em outro Ele o revela, desenterrando e revelando os ‘mistérios’ das profundezas do coração do homem e mostrando ao homem a sua natureza ao revelar muitos de seus estados. Deus aperfeiçoa o homem através de muitos métodos — através de revelação, lidando com o homem, através do refinamento do homem e do castigo — para que o homem saiba que Deus é prático”.

A irmã Xiling comungou: “A partir das palavras de Deus, vemos que quando Ele age para julgar e purificar a humanidade corrupta nos últimos dias, usa uma variedade de verdades para julgar e revelar nossa natureza satânica que é incompatível e resiste a Deus, e nos mostra o caráter santo, justo e inviolável Dele. A partir do julgamento das palavras de Deus, vemos a verdade de nossa profunda corrupção por Satanás, e realmente conhecemos a essência santa de Deus e Seu caráter justo que não tolera a ofensa, vindo assim a reverenciarmos Deus em nossos corações; como resultado, nos libertamos dos grilhões e laços do pecado, e recebemos a purificação e salvação de Deus. Quando lemos as palavras de Deus Todo-Poderoso, sentimos que Deus está nos julgando e expondo face a face, e todos sentimos que a palavra Dele, como uma espada de dois gumes, julga e expõe nossa desobediência e natureza satânica que resiste a Deus. Vemos claramente a verdade de que fomos corrompidos completamente por Satanás. No passado, como não conhecíamos nossa corrupção, éramos arrogantes e convencidos, e não nos submetíamos a ninguém que apontasse nossa corrupção. Depois de aceitar o julgamento e castigo das palavras de Cristo nos últimos dias, e sermos expostos pelos fatos, tratados e podados, vimos que a arrogância é a representação clássica do caráter satânico. Sentimos que é embaraçoso e trágico que vivamos neste caráter. Desse modo, levaremos uma vida moderada e não ficaremos mais em posição eminente de repreender as pessoas ou mandar em outros. Costumávamos pensar que, como podíamos sacrificar, nos esforçar e pregar o evangelho por Deus, éramos aqueles que O amavam e eram qualificados a entrar no reino dos céus e obter bênçãos. Entretanto, em nossa experiência com a obra de Deus, quando perdemos nossa posição e reputação, e não temos perspectivas, nos descuidaremos passivamente, jogaremos a toalha e até abrigaremos concepções sobre Deus, resistindo-O e traindo-O. A partir disso, vemos como somos egoístas e desprezíveis como a palavra de Deus revela. Cremos em Deus apenas para ganhar bênçãos e não temos amor verdadeiro por Deus, muito menos devoção verdadeira. Depois de perceber isso, nos sentimos julgados e censurados, e começamos a nos arrepender e buscar mudanças. Através de experimentar verdadeiramente esse julgamento e castigo de Deus, ganhamos uma compreensão genuína do caráter justo Dele. Sabemos que pessoas Deus ama ou detesta, salva ou elimina, abençoa ou amaldiçoa; também conseguimos saber que Deus, de fato, inspeciona tudo e domina sobre tudo. Deus está do nosso lado, na verdade, nos guiando, salvando e fazendo-nos apreciar que a verdade expressada por Deus é julgamento, castigo, inspeção e purificação para a humanidade corrupta. Com um coração que reverencia a Deus, as transformações em nosso caráter corrompido, buscando a verdade quando encontramos problemas e praticando a verdade, obedecendo a Deus, podemos gradualmente viver a semelhança de um verdadeiro humano”.

A partir da revelação das palavras de Deus e da comunhão das irmãs, vi o caminho para a purificação e salvação. Pensei: No fim, a obra de julgamento iniciando pela casa de Deus que Ele executa nos últimos dias, é a obra de purificação e transformação de pessoas. A parte dessa etapa da obra, de fato não temos forma de nos livrar dos laços e controle do pecado e obter verdadeira liberação e liberdade. Pensei que, enquanto orasse mais, lesse mais a Bíblia, permanecesse verdadeira ao nome do Senhor, não deixaria o caminho Dele, e poderia entrar no reino dos céus. Só agora vejo que esse pensamento é absurdo e equivocado. Estou cheia de caráter satânico; sem experimentar a obra de julgamento de Deus nos últimos dias, como posso ser qualificada para entrar no reino dos céus?

A partir de então, conforme lia a palavra de Deus, também refleti, examinei e me conheci, e pensei: Toda vez que revelo o caráter corrupto é uma representação de Satanás, é ser testemunha dele e, ao mesmo tempo, é resistir e humilhar a Deus. Portanto, decidi mudar a mim mesma. Depois disso, sempre que queria perder a cabeça porque as ações de minha família eram contra minha vontade novamente, praticava renunciar à carne, falando com eles pacientemente e em tom gentil; quando vi que se levantavam tarde e eram morosos, não resmungava com eles ou os acusava, mas praticava a longanimidade e tinha consideração por eles. Quanto a meus sobrinhos e sobrinhas, não os reprimia como antes, mas lhes dava uma medida de liberdade e os esclarecia calmamente se fizessem algo da forma errada. Além disso, não perdia mais minha cabeça com meu marido; quando eu o via repreendendo nossos filhos, me comunicava com ele pacientemente e lhe dizia que perder a cabeça era viver de acordo com o caráter de Satanás e que devíamos viver na semelhança de um humano e tratar nossos filhos com amor, tolerância, longanimidade, compreensão etc. Depois que minha família viu essas mudanças em mim, meu marido disse a meu sobrinho: “Sua tia ficou tão gentil. É realmente inacreditável!” Então meu sobrinho disse: “Depois de crer em Deus Todo-Poderoso, a titia parece ter se transformado em uma pessoa diferente. Que inimaginável!” Ao ouvir essas palavras, me senti muito gratificada e feliz em meu coração. Agradeci a Deus Todo-Poderoso por me salvar de meu predicamento de pecado e confissão, mostrando-me a senda para deixar o pecado atrás e me ajudando a caminhar em uma senda brilhante de salvação.

Depois disso, quando cooperei com meus irmãos e irmãs para testificar do reino evangélico de Deus com minha família, todos eles o aceitaram prontamente. Somos agradecidos pela graça de Deus a nossa família.

Por Kemu, Myanmar

Fim.

Parte um: Testemunho Cristão: Ela encontrou o caminho para se libertar do pecado (I)

Contate-nos

Esperas ansiosamente pela aparição do Senhor? Como o Senhor aparecerá? Como devemos acolher a Sua aparição? Convidamos-lhe sinceramente a juntar-se a nós na nossa reunião online para conversar sobre esse tópico connosco.