Siga-nos

A que “outro evangelho” se refere? - A Mensagem de Gálatas 1.6,7,8

Por anos, os pastores e presbíteros têm dito que eles devem estar alertas e aguardar pela volta do Senhor. Eles aguardaram por 18 anos, desde o ano 2000 até agora, mas ainda não viram a volta do Senhor. Então certo dia, depois de ouvir que muitas pessoas haviam testemunhado que o Senhor já havia voltado por algum tempo, Su Xing, Qingxin, Feng Jing, Xu Yang e alguns de seus colegas de trabalho falaram de investigar essas afirmações. Entretanto, seu pastor e presbíteros disseram que eles estavam seguindo outro evangelho e traindo ao Senhor, porque a Bíblia diz: “Estou admirado de que tão depressa estejais desertando daquele que vos chamou na graça de Cristo, para outro evangelho, o qual não é outro; senão que há alguns que vos perturbam e querem perverter o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos pregasse outro evangelho além do que já vos pregamos, seja anátema” (Gálatas 1:6–8). Por um momento, eles não sabiam o que deviam fazer. Mais tarde, Su Xing pensou na irmã Zhao, em sua igreja, que havia investigado o evangelho da volta do Senhor por um período. Assim, ela decidiu convidá-la para falar sobre isso com eles.

Outro evangelhose refere ao evangelho da lei, não ao evangelho da volta do Senhor nos últimos dias

Na manhã seguinte, a irmã Zhao chegou à casa de Su Xing como prometera. Depois de trocar alguns cumprimentos, eles se sentaram. Su Xing falou sobre sua confusão e dúvidas com a irmã Zhao.

Ouvindo o que ela dizia, a irmã Zhao acenou com a cabeça e disse: “Quando alguém testemunha da volta do Senhor, não nos atrevemos a investigar por estarmos preocupados que estaríamos seguindo outro evangelho. Isso mostra que não entendemos a que Paulo se referia quando disse do ‘outro evangelho.’ De fato, essas palavras vieram de uma epístola que Paulo escreveu às igrejas da Galácia. Naquela época, o evangelho do Senhor Jesus estava se espalhando. Mas naquele tempo, havia dois grupos de pessoas espalhando diferentes evangelhos. Um grupo divulgava a obra antiga da Era da Lei e pensavam que as pessoas deviam manter a lei; o outro, liderado pelos doze discípulos de Jesus, divulgavam o evangelho do reino e o caminho do arrependimento: Ao serem libertos da lei, e ao confessar seus pecados, arrependendo-se, as pessoas podiam receber a redenção do Senhor Jesus e evitarem ser condenadas à morte pela lei. Naquela época, muitos gálatas rejeitaram a lei e aceitaram o evangelho do Senhor Jesus. Mais tarde, depois que Paulo deixou a Galácia, os fariseus, que se apegavam à lei do Antigo Testamento, tentaram tirar vantagem dessa oportunidade para perturbar e prender aqueles gálatas que haviam aceitado o evangelho do Senhor Jesus, conduzindo alguns deles que não tinham discernimento de volta à vida sob a lei. Foi nesta situação que Paulo escreveu a epístola para condenar aqueles gálatas tentados pelos fariseus, e para exortá-los a voltar atrás rapidamente. Então vemos que ‘para outro evangelho’ que Paulo mencionou significava que as pessoas deixaram o evangelho do Senhor Jesus e voltaram a crer no evangelho da Era da Lei de novo, o que nada tem a ver com o evangelho da volta do Senhor Jesus nos últimos dias”.

Qingxin disse: “Isso é de fato o caso. Paulo era um apóstolo, mas não um profeta. Suas epístolas eram baseadas nas circunstâncias daquela época, e eram escritas aos gálatas, mas não às pessoas vivas agora nos últimos dias. Se aplicarmos as epístolas que Paulo escreveu aos gálatas às pessoas de hoje, não estamos exagerando?”

Xu Yang disse, entre pensamentos: “Irmã Zhao, ouvindo sua comunhão, entendi mais ou menos a que ‘para outro evangelho’ se refere. Pensando atrás no que ouvimos em nossas reuniões, sinto que nosso pastor e presbíteros estavam citando a Bíblia fora do contexto e interpretando-a mal”.

“Outro evangelho” - Bíblia Gálatas 1,6
Dizer que aceitar o evangelho da volta do Senhor nos últimos dias é para outro evangelho é enganar as pessoas

A irmã Zhao disse, bem séria: “É verdade. O livro de Apocalipse diz: ‘Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas’ (Apocalipse 3:22). O Senhor Jesus disse: ‘Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade’ (João 16:12-13), e ‘Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia’ (João 12:48). A partir dessas previsões, vemos que o Senhor Jesus expressará a verdade para salvar as pessoas quando Ele voltar nos últimos dias. Isso confirma ainda mais que o ‘outro evangelho’ que Paulo mencionou não se referia ao evangelho da volta do Senhor nos últimos dias, porque naquela época, quando Paulo escreveu a epístola às igrejas da Galácia, ninguém pregava o evangelho da volta do Senhor nos últimos dias. Entretanto, os pastores e presbíteros apenas expuseram o significado literal da Bíblia. Eles dizem que aceitar o evangelho do reino de Deus dos últimos dias é para outro evangelho e trair ao Senhor. Isso não é ridículo e absurdo? Eles estão dizendo isso porque querem perturbar e impedir as pessoas de aceitar a nova obra de Deus, e porque querem enganar as pessoas. Assim como os fariseus no passado, eles estão resistindo a Deus sob a fachada de proteger o rebanho do Senhor”.

Feng Jing acenou com a cabeça e disse: “Essa comunhão é iluminadora. Com frequência lemos essas escrituras antes, então porque não as entendemos? A explicação do pastor e dos presbíteros da Bíblia parece certa na superfície, mas de fato, eles estão iludindo as pessoas. Sem uma comunhão e análise claras, não veremos de jeito nenhum os erros dos pastores e presbíteros; em vez disso, seremos apenas controlados por eles”.

Os outros colegas também acenaram com a cabeça e começaram a discutir isso…

Devemos prestar atenção em ouvir a voz de Deus para dar as boas-vindas à volta do Senhor

A irmã Zhao disse: “Concordo com você. Não importa quem testemunhe do evangelho da volta do Senhor, devemos investigá-lo e averiguá-lo com base nas palavras de Deus. Não podemos recusar em investigar o evangelho do reino de Deus só porque os pastores e presbíteros dizem que é para outro evangelho. Caso contrário, perderemos a graça de Deus dos últimos dias. O Senhor Jesus disse: ‘Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro!’ (Mateus 25:6), e ‘Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo’ (Apocalipse 3:20). Ele nos disse há tempos que, quando alguém testemunhasse de Sua volta, deveríamos buscar e investigar. Apenas dessa forma seremos virgens sábias, e poderemos dar as boas-vindas a Seu retorno”.

Su Xing ficou aliviada e disse: “Graças ao Senhor! Através da comunhão da irmã Zhao, entendi completamente o que significa o ‘outro evangelho’ que Paulo mencionou. “Outro evangelho” se refere ao evangelho de manter a lei do Antigo Testamento, mas não ao evangelho da volta do Senhor nos últimos dias E agora tenho algum discernimento sobre os pastores e presbíteros. Eles com frequência expõem a Bíblia fora de contexto para nos enganar. Assim como os fariseus que mantinham a lei do Antigo Testamento, os pastores e presbíteros não apenas não buscam, investigam ou aceitam, mas, em vez disso, nos impedem de fazê-lo. Eles de fato causam um dano grave a nós crentes! Quando se trata de dar as boas-vindas à volta do Senhor, não devemos entender isso com base no significado literal da Bíblia, nem devemos ser restringidos por outras pessoas. Em vez disso, devemos prestar atenção em ouvir à voz de Deus, e buscar e investigar ativamente. Apenas dessa forma estaremos segundo o coração de Deus”.

Os colegas dela todos disseram: “Amém! Graças ao Senhor! Investigaremos isso juntos…”

Clique para ler mais

Contate-nos

Diante da proibição de reuniões da igreja durante o COVID-19, o que os cristãos devem fazer? Clique para se juntar a nós em nossas reuniões online.

Venha conversar com a gente! Converse conosco no WhatsApp
WhatsApp

Por favor, leia e concorde com a nossa política de privacidade abaixo para começar a conversar com a gente.

Você leu e concordou com a nossa política de privacidade?