Menu

Os Cristãos podem realmente entrar no reino dos céus através do trabalho duro?

Olá irmãos e irmãs das Perguntas & Respostas Espirituais,

Ultimamente, existem perguntas que têm me incomodado, e eu gostaria de buscar respostas com vocês: há anos eu acredito no Senhor, e sempre fiz renúncias, esforços, e realizei a obra do Senhor, e sempre acreditei que quando o Senhor vier, serei elevado ao reino dos céus. Mas recentemente, vi que o Senhor Jesus disse na Bíblia“Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramemnte: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade” (Mateus 7: 21-23). Isto me confunde. Por que o Senhor disse que aqueles que espalham o evangelho, curam os doentes e expulsam demônios em Seu nome são os que praticam a iniquidade? Isto quer dizer que trabalhar duro não está de acordo com a vontade de Deus? Que não está no padrão para entrar no reino de Deus? Eu espero que vocês possam me ajudar a resolver essa confusão.

Muguang

Olá, Irmão Muguang,

Saudações!

Eis como entendemos esta questão. O Senhor Jesus disse: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramemnte: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade” (Mateus 7: 21-23). Aqueles que espalham o evangelho, expulsam demônios e realizam obras maravilhosas no nome do Senhor estão sem dúvidas sofrendo e trabalhando duro, e com certeza já realizaram muitas obras boas, mas o Senhor disse que realizam iniquidades. Isto prova que renúncias, esforços, sofrimentos e trabalho duro por si sós não são os padrões para entrar no reino do céu.

Todos nós sabemos que os judeus fariseus viajavam pelos oceanos aos longínquos cantos da terra para pregar e trabalhar, e aos olhos dos homens, eles faziam muitas obras boas e eram piedosos, mas quando o Senhor Jesus veio para fazer uma nova obra, eles não buscaram ou investigaram, mas orientaram o povo judeu a resistirem e condenarem freneticamente a obra do Senhor. Eles até deram falso testemunho para incriminar o Senhor Jesus, e, finalmente, se aliaram ao governo romano para crucificá-lo. A partir disso, podemos ver que apesar de terem caminhado pela senda das renúncias e dos esforços, eles não tentaram satisfazer a Deus, e, pelo contrário, tinham seus próprios propósitos e intenções. Eles estavam trabalhando para manter seus status e suas posições, então quando o Senhor Jesus veio trabalhar, eles puderam resistir, e até controlar os crentes para forçá-los a não aceitar o Senhor. Então, não importa quanto sofrimento eles aguentaram ou trabalho que eles aparentemente fizeram, tudo o que realizaram foi contaminado por suas próprias intenções, e foi feito em nome de seus interesses pessoais. Como, deste modo, poderiam entrar no reino do céu?

Se olharmos para nós mesmos, apesar de crermos no Senhor há muitos anos, sofrermos, trabalharmos, fazermos renúncias e esforços, é indiscutível que também pecamos com frequência. Somos controlados por nossas naturezas pecaminosas, e quando a obra e as palavras de Deus não estão de acordo com nossas noções, podemos julgar, condenar e negar a Deus sem cuidados; quando as provações Dele chegam a nós, podemos interpretá-las mal, reclamar contra isso e traí-Lo; enquanto servimos a Deus, com frequência, ainda nos apoiamos em nossas próprias noções, testemunhamos e exaltamos nós mesmos, e fazemos os outros nos adorarem e admirarem. Com estes carácteres corrompidos e satânicos dentro de nós mesmos, como podemos entrar no reino do céu? Então, não importa quanto sofremos ou trabalhamos, quantas obras boas aparentemente realizamos, não as fazemos por amor ou obediência ao Senhor, o que significa que não iremos ganhar a aprovação de Deus e estamos desqualificados para entrar no reino dos céus. O Senhor Jesus nos disse claramente: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus” (Mateus 7: 21).

As palavras de Jesus dizem com clareza que não é somente falando no nome do Senhor e trabalhando duro que entraremos no reino do céu. Somente aqueles que realizam a vontade de Deus podem entrar no reino do céu. Este é o padrão para a entrada. Então, como podemos realizar a vontade do Pai? Ser uma pessoa que realiza a vontade do Pai celestial significa principalmente ser alguém que ama a Deus e honra-O como grandioso, que O teme e evita o mal, que pratica a palavra do Senhor, que cumpre os mandamentos Dele, que frequentemente O exalta e testemunha, que se esforça genuinamente para o Senhor sem pedir ou demandar nada em troca, que fica firme e testemunha a Deus em meio a provações, e que obedece às regras e arranjos Dele. Isto é o que significa realizar a vontade de Deus. Como disse o Senhor Jesus: “Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento” (Mateus 22:37-38). Tome Abraão como exemplo. Ele era capaz de ouvir a Deus, sinceramente disposto a dar seu único filho de volta a Ele. Devido à sua obediência absoluta, Deus abençoou sua descendência para ser uma grande nação. Outro exemplo: Jó temia a Deus e se afastava do mal. Mesmo quando foi provado com a perda de seus bens e filhos, ele ainda adorou o nome santo de Jeová. Quando teve furúnculos em todo o corpo, ele preferia condenar a si mesmo do que murmurar contra Deus. Então, aos olhos de Deus, ele era perfeito. Também foi assim com Pedro. Ele seguiu o Senhor Jesus toda a sua vida, sedento e buscando a verdade. Após receber a comissão do Senhor, ele se comprometeu com a vontade e as exigências Dele de pastorear a igreja, finalmente, se sujeitando até à morte, e amando a Deus ao máximo… Eles foram pessoas que temeram e obedeceram a Deus. Tais pessoas são as que realmente realizam a vontade do Pai celestial.

A partir disso, podemos ver que só trabalhar duro não ganha a aprovação de Deus. Somente praticando com frequência a palavra do Senhor, cumprindo os mandamentos Dele enquanto trabalhamos, buscando amor e obediência sinceros a Deus, e nos tornando pessoas que realizam a vontade Dele, é que poderemos entrar no reino dos céus. Irmão Muguang, espero que esta comunhão acima lhe ajude, e podemos continuar esta discussão por carta, se você ainda tiver mais perguntas.

Leia mais artigo da perguntas sobre fé:

Como podemos manter um relacionamento normal com Deus

Por que o jejum e a oração não podem resolver a questão da desolação na igreja

Contate-nos

Esperas ansiosamente pela aparição do Senhor? Como o Senhor aparecerá? Como devemos acolher a Sua aparição? Convidamos-lhe sinceramente a juntar-se a nós na nossa reunião online para conversar sobre esse tópico connosco.