Siga-nos

O Senhor Jesus Cristo é o Filho de Deus?

Muitos crentes no Senhor pensam que Senhor Jesus é o Filho de Deus, mas o Senhor Jesus disse: “Quem me viu a mim, viu o Pai” e “Eu estou no Pai, e que o Pai está em mim“. Então, quem é o Senhor Jesus Cristo? Ele é o Filho de Deus ou o Próprio Deus? Este artigo irá dizer-lhe a verdade.

Palavra do editor

o Senhor Jesus


Certa manhã, quando minha filha e eu estávamos estudando a Bíblia juntas, vimos estes versículos: “Disse-lhe Felipe: Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta. Respondeu-lhe Jesus: Há tanto tempo que estou convosco, e ainda não me conheces, Felipe? Quem me viu a mim, viu o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é quem faz as suas obras” (João 14:8-10). Com uma expressão confusa, minha filha me perguntou: “Mãe, quando os pastores e presbíteros pregam, todos dizem que o Senhor Jesus é o Filho de Deus, mas aqui o Senhor Jesus disse a Filipe: ‘Quem me viu a mim, viu o Pai’. ‘eu estou no Pai, e que o Pai está em mim’. Mãe, como devemos entender as palavras do Senhor Jesus?”Ouvindo isso, refleti um pouco, mas não conseguia pensar direito. Eu não sabia como responder minha filha.

Assim, perguntei aos pastores e presbíteros como eles entendiam esses versículos e estava interessada em saber se Jesus Cristo é o Filho de Deus ou o próprio Deus. No entanto, todos eles me deram a mesma resposta: “O Senhor Jesus é o Filho de Deus. Crer no Senhor Jesus significa acreditar no Pai no céu. Não há dúvidas sobre isso. Seguindo o Senhor, você pode entrar no céu. Então, seguir o Senhor não pode estar errado.”Quando eu perguntei mais, eles falaram coisas vagas. A conversa com eles não me trouxe uma reposta exata. Assim, não consegui descobrir se o Senhor Jesus Cristo é o Filho de Deus ou o próprio Deus. Essa questão se tornou um quebra-cabeça para mim.

Mais tarde, orei ao Senhor muitas vezes, pedindo-lhe que me iluminasse e me guiasse. Além disso, eu comunguei e busquei junto com os irmãos e irmãs no Senhor. Graças ao Senhor por ouvir minhas orações. Um dia, quando a irmã Wang e eu estávamos estudando a Bíblia, me deparei com esses versículos novamente. Então, eu levantei a questão que me intrigava a tanto tempo.

Quem é o Senhor Jesus Cristo? É o Próprio Deus ou o Filho de Deus?

Ao ouvir minha pergunta, a irmã Wang me disse: “O Senhor Jesus é o Filho de Deus ou o próprio Deus? Este é realmente um problema que a maioria dos crentes no Senhor não entende. Quando o Senhor Jesus encarnado veio para fazer a obra da redenção da humanidade, o Espírito Santo testemunhou que o Senhor Jesus era o Filho amado de Deus, e o Senhor Jesus também chamou de Pai o Deus que está nos céus. Por causa disso, pensamos que o Senhor Jesus é o Filho de Deus, e a noção deste relacionamento Pai-Filho foi formada. Mas nós sabemos que, em Gênesis, Deus não disse que Ele teve um filho. Nos tempos do Antigo Testamento, Deus Jeová também não disse que Ele tinha um filho. Isso prova que há apenas um Deus, não há relação entre pai e filho para falar. Mas por que o Senhor Jesus disse que Ele era o Filho de Deus quando veio para realizar Sua obra? O Senhor Jesus Cristo é o Filho de Deus ou o próprio Deus? Em João 14: 8, Filipe perguntou ao Senhor Jesus: ‘Senhor, mostra-nos o Pai, e isso nos basta’. Naquele tempo, como o Senhor Jesus respondeu a Filipe? O Senhor Jesus disse a Filipe: ‘Há tanto tempo que estou convosco, e ainda não me conheces, Felipe? Quem me viu a mim, viu o Pai; como dizes tu: Mostra-nos o Pai? Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo, não as digo por mim mesmo; mas o Pai, que permanece em mim, é quem faz as suas obras’ (João 14:9-10). Aqui, o Senhor Jesus disse com clareza: ‘he that has seen me has seen the Father.’ Como você pode ver, o Senhor Jesus é a manifestação do próprio Deus. O Senhor Jesus não disse que Ele e Deus têm um relacionamento Pai-Filho. Ele acabou de dizer: eu estou no Pai, e que o Pai está em mim’. ‘Eu e o Pai somos um. Agora, de acordo com as palavras do Senhor Jesus, não podemos confirmar que Ele é o próprio Deus, que existe apenas um Deus, e que não há que se falar em “relação Pai-Filho”?

Leia aqui: Jesus é o Próprio Deus ou o Filho de Deus?

Como entender a ideia do Pai e do Filho?

Então, ela leu duas passagens para mim: “O Deus encarnado é chamado de Cristo e Cristo é a carne vestida pelo Espírito de Deus. Essa carne é diferente de qualquer homem que é da carne. Essa diferença existe porque Cristo não é de carne e sangue, mas é a encarnação do Espírito. Ele tem tanto uma humanidade normal como uma divindade completa. Sua divindade não é possuída por nenhum homem. Sua humanidade normal sustenta todas as Suas atividades normais na carne, enquanto Sua divindade realiza a obra do Próprio Deus. Seja Sua humanidade ou divindade, ambas se submetem à vontade do Pai celestial. A substância de Cristo é o Espírito, isto é, a divindade. Portanto, Sua substância é a do Próprio Deus…”

O Espírito dentro de Jesus, o Espírito no céu e o Espírito de Jeová são todos um. Pode ser chamado o Espírito Santo, o Espírito de Deus, o Espírito sete vezes intensificado e o Espírito todo-inclusivo. O Espírito de Deus pode realizar muita obra. Ele é capaz de criar o mundo e de destruí-lo inundando a terra; Ele pode redimir toda a humanidade e, além disso, conquistar e destruir toda a humanidade. Toda essa obra é realizada pelo Próprio Deus e não pode ter sido feita por qualquer outra das pessoas de Deus em Seu lugar. Seu Espírito pode ser chamado pelos nomes de Jeová e Jesus, bem como de Todo-Poderoso. Ele é o Senhor, e Cristo. Ele também pode se tornar o Filho do homem. Ele está nos céus e também na terra; Ele está no alto, acima dos universos e entre a multidão. Ele é o único Mestre dos céus e da terra! Desde o tempo da criação até agora, essa obra foi realizada pelo Espírito do Próprio Deus. Seja a obra nos céus ou na carne, tudo é realizado pelo Seu próprio Espírito. Todas as criaturas, no céu ou na terra, estão na palma de Sua mão todo-poderosa; tudo isso é obra do Próprio Deus e não pode ser feita por nenhum outro em Seu lugar. Nos céus, Ele é o Espírito, mas também o Próprio Deus; entre os homens, Ele é carne, mas permanece o Próprio Deus.

Depois de ler, ela disse: “Desde que a humanidade foi corrompida por Satanás, Deus iniciou Seu plano de gerenciamento para salvar o homem. Na Era da Lei, Deus chamou Moisés para estabelecer a lei e levar os israelitas a viverem na terra e ensiná-los como adorar a Deus. Tudo isso foi feito por Deus Jeová por meio do Espírito. Mas, nos últimos dias da Era da Lei, o homem tornou-se cada vez mais corrupto e muitas vezes violava a lei e fazia as coisas que ofendiam a Jeová, o que o colocava em perigo de ser condenado e executado pela lei. Portanto, com base nas necessidades do homem, Deus veio à terra encarnado como o Filho do homem e realizou a obra da crucificação para redimir a humanidade. Na verdade, o Senhor Jesus é a carne na qual o Espírito de Deus se realizou. Por Sua manifestação, o Senhor Jesus era um homem comum, mas Ele concluiu a Era da Lei, iniciou a Era da Graça, expressou o caráter compassivo e amoroso de Deus e cumpriu a obra da redenção da humanidade. Ao mesmo tempo, Ele manifestou muitos milagres. Por exemplo: uma palavra do Senhor Jesus foi suficiente para trazer os mortos de volta à vida, e outra palavra acalmou o vento e o mar. O Senhor Jesus usou cinco pães e dois peixes para alimentar cinco mil pessoas. Estes exemplos revelam a autoridade e o poder de Deus completamente. A obra que o Senhor Jesus realizou não pode ser feita por nenhum homem. Estes fatos provam: o Senhor Jesus Cristo é o Espírito de Deus realizado em Sua carne, Ele é Deus completamente. O Senhor Jesus e Deus Jeová são um. Este é o verdadeiro significado das palavras do Senhor Jesus:‘Quem me viu a mim, viu o Pai’”.

Por que o Senhor Jesus chamou Deus nos céus de Pai?

Ouvindo sua comunhão, senti que havia luz nela. O Senhor Jesus Cristo é Deus encarnado. Ele não é o Filho de Deus, mas o próprio Deus. A fim de redimir o homem dos pecados, Deus se fez carne como o Filho do Homem e realizou a obra da crucificação. Este é o grande amor de Deus pela humanidade. Mas eu ainda tinha uma questão que me confundia, então, perguntei a ela: “Por que o Senhor Jesus chamou Deus nos céus de Pai?”

Ela disse: “Vamos ler uma passagem das palavras, e, então, você entenderá: ‘Quando Jesus chamou Deus no Céu pelo nome de Pai ao orar, isto foi feito somente da perspectiva de um homem criado, somente porque o Espírito de Deus havia Se vestido de uma carne comum e normal e tinha a capa exterior de um ser criado. Mesmo que dentro Dele estivesse o Espírito de Deus, Sua aparência exterior ainda era a de um homem comum; em outras palavras, Ele Se tornou o “Filho do homem”, do qual todos os homens, inclusive o Próprio Jesus, falaram. Dado que Ele é chamado o Filho do homem, Ele é uma pessoa (seja homem ou mulher, em qualquer caso, alguém com a aparência exterior de um ser humano) nascida em uma família normal de pessoas comuns. Portanto, Jesus chamar Deus no céu pelo nome de Pai era igual a como vocês inicialmente O chamavam de Pai; Ele fez isso da perspectiva de um homem da criação. Vocês ainda lembram da Oração do Senhor que Jesus lhes ensinou a memorizar? “Pai nosso que estás no céu…” Ele pediu a todo homem que chamasse Deus no céu pelo nome de Pai. E desde que Ele também O chamou de Pai, o fez da perspectiva de alguém que está em pé de igualdade com todos vocês. Desde que vocês chamaram Deus no céu pelo nome de Pai, isso mostra que Jesus viu a Si mesmo em pé de igualdade com vocês, e como um homem na terra escolhido por Deus (isto é, o Filho de Deus). Se vocês chamam Deus de “Pai”, isso não é porque vocês são seres criados? Por maior que fosse a autoridade de Jesus na terra, antes da crucificação, Ele era apenas um Filho do homem, governado pelo Espírito Santo (isto é, Deus), e um dos seres criados da terra, porque Ele ainda tinha que completar Sua obra. Portanto, Ele chamar Deus no céu de Pai era unicamente Sua humildade e obediência. O dirigir-Se a Deus (isto é, o Espírito no céu) de tal maneira, no entanto, não prova que Ele é o Filho do Espírito de Deus no céu. Pelo contrário, é simplesmente que a perspectiva Dele é diferente…’ Deus encarnou como o Filho do Homem, isto é, o Espírito de Deus assumiu a carne e se tornou o Filho do Homem para se manifestar a nós e realizar Sua obra. Não importa como o Senhor Jesus estivesse expressando Sua voz ou orando a Deus Pai, Sua substância era divina, não humana. Como o Senhor Jesus assumiu a aparência da carne, quando orava, Ele chamava Deus nos céus de Pai a partir da posição de um ser criado, o que mostrava a humildade e a obediência do Deus encarnado. A razão pela qual estamos nesse quebra-cabeça é, principalmente, porque não conhecemos a encarnação de Deus, nem entendemos esse aspecto da verdade, mas interpretamos literalmente a palavra do Senhor.”

Ao ouvir esta passagem das palavras e a comunhão dela, fui subitamente iluminada: o Senhor Jesus é o Espírito de Deus realizado na carne. O Senhor é a manifestação de Deus Jeová na terra, que criou os céus e a terra e todas as coisas, criou a humanidade e proclamou as leis para a ela. Isso não significa que Jesus Cristo é o Filho de Deus. O Senhor Jesus chamou Deus nos céus de Pai, porque Ele estava na posição de um ser criado, mas isso não afetou Sua substância divina. Portanto, quando o Senhor Jesus diz “aquele que me viu, viu o Pai”, Ele não está sendo contraditório com o fato de chamar Deus nos céus de Pai. Assim, meu coração ficou aliviado e decidi compartilhar a iluminação com minha filha, a fim de que ela pudesse saber que Jesus Cristo é o próprio Deus e se livrar das confusões.

Veja também:

Descubra aqui mais sobre A Vida e a Obra de Jesus Cristo

“O mistério da divindade: a continuação” Trecho – O Senhor Jesus é o Filho de Deus ou o Próprio Deus?


Do artigo acima, podemos compreender que o Senhor Jesus é o Próprio Deus. Se ainda tiveres alguma dúvida, convidamos-te a deixar-nos o seu comentário ou clique o botão no canto inferior direito do ecrã para nos contactar.

Clique para ler mais

Contate-nos

Diante da proibição de reuniões da igreja durante o COVID-19, o que os cristãos devem fazer? Clique para se juntar a nós em nossas reuniões online.

Venha conversar com a gente! Converse conosco no WhatsApp
WhatsApp

Por favor, leia e concorde com a nossa política de privacidade abaixo para começar a conversar com a gente.

Você leu e concordou com a nossa política de privacidade?