Menu

12 versículos sobre misericórdia

Misericórdia é uma parte do caráter de Deus. Do trabalho de Deus sobre nós, podemos sentir Seu amor e misericórdia, assim com Deus diz: “O amor e a compaixão de Deus permeiam todo e qualquer detalhe de Sua obra de gerenciamento e, quer as pessoas sejam capazes de entender ou não as boas intenções de Deus, Ele ainda está fazendo incansavelmente a obra que pretende realizar. Independentemente do quanto as pessoas compreendam o gerenciamento de Deus, os benefícios e a assistência da obra feita por Deus podem ser apreciados por todos.” Graças à misericórdia de Deus, nós fomos perdoados de nossos pecados e aproveitamos as abundantes graça e bênção de Deus; por causa da misericórdia de Deus, nós somos sempre protegidos por Deus no perigo; através da misericórdia de Deus, nós somos salvos de diversas tentações neste mundo perverso… Se você quer entender e sentir profundamente a misericórdia de Deus, por favor leia os seguintes versos da Bíblia sobre a misericórdia de Deus.

versículos sobre misericórdia

Misericórdia na Bíblia

O Senhor teu Deus te fará voltar do teu cativeiro, e se compadecerá de ti, e tornará a ajuntar-te dentre todos os povos entre os quais te houver espalhado o senhor teu Deus.

Deuteronômio 30:3

Compadece-se do pobre e do necessitado, e a vida dos necessitados ele salva.

Salmos 72:13

Como um pai se compadece de seus filhos, assim o Senhor se compadece daqueles que o temem.

Salmos 103:13

Tendo o Senhor passado perante Moisés, proclamou: Jeovã, Jeová, Deus misericordioso e compassivo, tardio em irar-se e grande em beneficência e verdade; que usa de beneficência com milhares; que perdoa a iniqüidade, a transgressão e o pecado; que de maneira alguma terá por inocente o culpado; que visita a iniqüidade dos pais sobre os filhos e sobre os filhos dos filhos até a terceira e quarta geração.

Êxodo 34:6-7

O que encobre as suas transgressões nunca prosperará; mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia.

Provérbios 28:13

Nunca terão fome nem sede; não os afligirá nem a calma nem o sol; porque o que se compadece deles os guiará, e os conduzirá mansamente aos mananciais das águas.

Isaías 49:10

Cantai, ó céus, e exulta, ó terra, e vós, montes, estalai de júbilo, porque o Senhor consolou o seu povo, e se compadeceu dos seus aflitos.

Isaías 49:13

pode uma mulher esquecer-se de seu filho de peito, de maneira que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse, eu, todavia, não me esquecerei de ti.

Isaías 49:15

num ímpeto de indignação escondi de ti por um momento o meu rosto; mas com benignidade eterna me compadecerei de ti, diz o Senhor, o teu Redentor.

Isaías 54:8

Pois as montanhas se retirarão, e os outeiros serão removidos; porém a minha benignidade não se apartará de ti, nem será removido ao pacto da minha paz, diz o Senhor, que se compadece de ti.

Isaías 54:10

Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia.

Mateus 5:7

Respondeu-lhe o Senhor: Eu farei passar toda a minha bondade diante de ti, e te proclamarei o meu nome Jeová; e terei misericórdia de quem eu tiver misericórdia, e me compadecerei de quem me compadecer.

Êxodo 33:19

Você pode gostar também

– 8 Versículos sobre Amai-vos uns aos outros

– 10 Versículos sobre esperar em Deus

– Versículos sobre família

– 29 Versículos sobre as Bênçãos de Deus

Palavras de Deus relevantes:

Embora estivesse totalmente sem emoção em Sua encarnação, Jesus sempre consolou Seus discípulos, proveu para eles, os ajudou e os apoiou. Por mais obra que fizesse ou por mais sofrimento que suportasse, Ele nunca fez exigências excessivas às pessoas, mas sempre foi paciente e tolerante com seus pecados, de modo que as pessoas da Era da Graça O chamavam carinhosamente de “o amável Salvador Jesus”. Para as pessoas daquele tempo — para todas as pessoas — o que Ele tinha e era foram misericórdia e benignidade. Ele nunca Se lembrou das transgressões das pessoas, e o tratamento que lhes deu nunca se baseava nas transgressões delas. Porque aquela foi uma era diferente, Ele frequentemente dava comida abundante às pessoas para que elas se saciassem. Ele tratava todos os Seus seguidores com graça, curando os doentes, expulsando os demônios, ressuscitando os mortos. Para que as pessoas pudessem acreditar Nele e ver que tudo que Ele fazia era feito com sinceridade e de coração aberto, Ele chegou até o ponto de ressuscitar um cadáver em decomposição, mostrando-lhes que em Suas mãos até os mortos poderiam voltar à vida. Desse modo, Ele resistiu silenciosamente e executou a Sua obra de redenção entre elas. Mesmo antes de ser pregado na cruz, Jesus já havia tomado sobre Si os pecados da humanidade e Se tornara uma oferta pelo pecado do homem. Mesmo antes de ser crucificado, Ele havia aberto o caminho para a cruz a fim de redimir a humanidade. Por fim, Ele foi pregado na cruz, sacrificando-Se por causa da cruz, e concedeu toda a Sua misericórdia, benignidade e santidade à humanidade. Para com a humanidade, Ele sempre foi tolerante, nunca vingativo, perdoando-a de seus pecados, exortando-a a se arrepender e a ensinando a ter paciência, tolerância e amor, a seguir Seus passos e sacrificar a si mesma por causa da cruz. Seu amor por irmãos e irmãs excedia o Seu amor por Maria. A obra que Ele fez tinha como princípio curar os doentes e expulsar os demônios, tudo por causa de Sua redenção. Não importa aonde Ele fosse, tratava a todos os que O seguiam com graça. Ele fazia os pobres ficarem ricos, os coxos andarem, os cegos verem e os surdos ouvirem. Ele até convidava os mais humildes, os destituídos, os pecadores, a sentarem à mesma mesa com Ele, nunca os evitando, mas sempre sendo paciente, até dizendo: quando um pastor perde uma das cem ovelhas, ele deixará para trás as noventa e nove para buscar a única ovelha perdida e, quando a encontrar, se alegrará muito. Ele amava Seus seguidores como uma ovelha ama seus cordeiros. Embora fossem insensatos e ignorantes, fossem pecadores aos Seus olhos e, além disso, fossem os membros mais humildes da sociedade, Ele considerava esses pecadores — homens que os outros desprezavam — como a menina dos Seus olhos. Como os favoreceu, Ele deu a vida por eles, como um cordeiro que era oferecido sobre o altar. Ele andava dentre eles como se fosse seu servo, permitindo que O usassem e O abatessem, submetendo-Se a eles incondicionalmente. Para Seus seguidores Ele era o amável Salvador Jesus, mas para os fariseus, que instruíam as pessoas de um pedestal alto, Ele não mostrava misericórdia nem benignidade, mas aversão e ressentimento. Ele não fez muita obra entre os fariseus, só ocasionalmente os instruindo e repreendendo. Ele não andou no meio deles fazendo a obra da redenção, nem realizou sinais e maravilhas. Ele concedeu toda a Sua misericórdia e benignidade aos Seus seguidores, sofrendo pelo bem desses pecadores até o fim, quando foi pregado na cruz, e sofrendo toda humilhação até que Ele tivesse redimido completamente toda a humanidade. Essa foi a soma total de Sua obra.

O amor e a compaixão de Deus permeiam todo e qualquer detalhe de Sua obra de gerenciamento e, quer as pessoas sejam capazes de entender ou não as boas intenções de Deus, Ele ainda está fazendo incansavelmente a obra que pretende realizar. Independentemente do quanto as pessoas compreendam o gerenciamento de Deus, os benefícios e a assistência da obra feita por Deus podem ser apreciados por todos. Talvez, hoje, você não tenha sentido o amor ou a vida provido por Deus, mas contanto que não abandone Deus, que não desista de sua determinação em buscar a verdade, então sempre haverá um dia em que o sorriso de Deus será revelado a você. Pois o objetivo da obra de gerenciamento de Deus é recuperar a humanidade que está sob o império de Satanás, não abandonar a humanidade que tem sido corrompida por Satanás e que se opõe a Deus.

Recomendado para você:

– Como se aproximar de Deus? 

– O fardo do Senhor é luz, então por que minha vida é tão cansativa?

Contate-nos

Esperas ansiosamente pela aparição do Senhor? Como o Senhor aparecerá? Como devemos acolher a Sua aparição? Convidamos-lhe sinceramente a juntar-se a nós na nossa reunião online para conversar sobre esse tópico connosco.