Menu

Aflição é a graça de Deus

Aflição é a graça de Deus

Quando falamos em graça, normalmente a associamos com as bênçãos e o amor de Deus. Em nossa vida diária, porém, as coisas nem sempre correm tranquilas; algumas doenças ou aflições frequentemente nos atingem. Em tais circunstâncias, temos uma atitude de oposição, resistência e reclamação, pensando: “O Senhor Jesus não nos enviou graças? Por que acreditamos em Deus, mas ainda sofremos estas doenças e aflições?” Às vezes, para afastá-las, rezamos fervorosamente, suplicando que Ele as anule. Quando as coisas não melhoram, ficamos pessimistas e desesperançosos, fracos e regressivos. Mas, sabe de uma coisa? O surgimento da doença ou aflição é, na verdade, a graça de Deus.

Dentre os muitos personagens da Bíblia, Jó nos impressiona com sua història. Ele era um homem justo que temia a Deus e evitava o mal. Ele recebia muitas bênçãos de Deus. Ele não só tinha muitas propriedades, mas também lindos filhos. Mas, quando Jó estava idoso, Deus permitiu que Satanás o atacasse. Satanás levou todas as suas propriedades e filhos, e, depois, ele não poupou nem o corpo de Jó, dando-lhe úlceras da sola dos pés até a cabeça. A maioria das pessoas talvez não entendam isto: seria que Deus não derramaria Sua graça sobre Jó?

As palavras de Deus dizem: “Durante a obra da provisão permanente e apoio ao homem de Deus, Ele conta a totalidade de Sua vontade e exigências para o homem, e mostra Seus feitos, caráter e o que Ele tem e é para o homem. O objetivo é equipar o homem com estatura e permitir que o homem ganhe várias verdades de Deus enquanto O segue — verdades que são as armas dadas ao homem por Deus para combater Satanás. Equipado dessa forma, o homem deve encarar as provas de Deus. Deus tem muitos meios e caminhos para provar o homem, mas cada um deles requer a ‘cooperação’ do inimigo de Deus: Satanás. Isto é, tendo dado ao homem as armas com as quais batalhar contra Satanás, Deus entrega o homem a Satanás e permite que Satanás ‘teste’ a estatura do homem. Se o homem conseguir escapar das formações de batalha de Satanás, se ele puder escapar do cerco de Satanás e ainda viver, então o homem terá passado no teste. Mas se o homem não conseguir sair das formações de batalha de Satanás e se submeter a Satanás, então ele não terá passado no teste. Qualquer que seja o aspecto do homem que Deus examina, os critérios para Seu exame são se o homem permanece firme ou não em seu testemunho quando atacado por Satanás, e se ele abandonou a Deus e se rendeu e se submeteu a Satanás enquanto estava enlaçado por Satanás. Pode-se dizer que se o homem pode ou não ser salvo depende de se ele pode vencer e derrotar Satanás, e se ele pode ou não ganhar a liberdade depende de se ele é capaz de erguer, sozinho, as armas que lhe são dadas por Deus para vencer o cativeiro de Satanás, fazendo Satanás abandonar completamente a esperança e deixá-lo em paz. Se Satanás abandona a esperança e renuncia a alguém, isso significa que Satanás nunca mais tentará tirar essa pessoa de Deus, nunca mais acusará e interferirá nessa pessoa, nunca mais torturá-la ou atacá-la sem motivo; somente alguém assim terá verdadeiramente sido ganho por Deus. Esse é todo o processo pelo qual Deus ganha pessoas”.

Nas palavras de Deus, encontro a verdadeira razão pela qual Deus permitiu que Satanás afligisse Jò. Acontece que o  processo de salvação de Deus contra a influência de Satanás é primeiro mostrar ao homem a verdade e depois testá-lo para ver se ele pode usar a verdade para superar as tentações de Satanás. Se conseguimos usar a verdade como arma para superar as várias tentações de Satanás, então isso provará que realmente fomos ganhos por Deus e que Satanás foi totalmente envergonhado e derrotado. Ao contrário, se não conseguimos usar nossa fé e obediência em relação a Deus para superar Satanás, então ele nunca será convencido. Dos registos bíblicos, podemos ver: antes de Jó passar por provações, Deus Jeová elogiou Jó dizendo que ele era “homem íntegro e reto, que teme a Deus e se desvia do mal”.  Mas Satanás o acusou, dizendo: “Porventura Jó teme a Deus debalde? Não o tens protegido de todo lado a ele, a sua casa e a tudo quanto tem? Tens abençoado a obra de suas mãos, e os seus bens se multiplicam na terra. Mas estende agora a tua mão, e toca-lhe em tudo quanto tem, e ele blasfemará de ti na tua face!” (Jó 1:9-11). “Pele por pele! Tudo quanto o homem tem dará pela sua vida. Estende agora a mão, e toca-lhe nos ossos e na carne, e ele blasfemará de ti na tua face!” (Jó 2:4-5). Mas, quando Jó deu testemunho de Deus durante as tentações de Satanás, ele não teve palavras para dizer.

As palavras de Deus também dizem: “Deus simplesmente deu a Satanás a oportunidade de verificar a justiça de Jó diante de Deus e de revelar sua própria maldade e desprezo. Foi, além disso, uma oportunidade para Jó testificar a sua justiça e seu temor a Deus e se desviar do mal perante os povos do mundo, Satanás e mesmo todos aqueles que seguem a Deus”. Com base nisto, podemos ver que Deus tem o caráter justo, bem como ações perfeitas. Embora, antes de Jó ser tentado por Satanás, Deus havia visto seus feitos justos e dito que “Que ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, que teme a Deus e se desvia do mal” ( Jó 1:8).” Satanás não estava convencido. Por esta razão, Deus permitiu que Satanás atacasse Jó com o propòsito de dar a ele a oportunidade de testemunhar sua justiça diante de Satanás e do mundo e provar que a avaliação de Deus sobre Jó era certa e sem dúvida. Da mesma forma, as aflições e provações para nós também são oportunidades para dar testemunho de Deus. Somente aquelas pessoas que são testemunhas de Deus em provações têm direito a desfrutar das maiores bênçãos de Deus. Assim como Jó. Ele perdeu suas propriedades e filhos, mas não reclamou de Deus nem O entendeu mal. Em vez disto, ele obedeceu às orquestrações de Deus, louvou Seu nome sagrado e humilhou completamente Satanás. Depois que Jó foi testemunha de Deus, Deus deu a ele muito mais propriedades e crianças ainda mais lindas. Mas, aos olhos de Deus, Ele deu a Jó muito mais do que apenas isso – havia algo mais importante.

Olhando de fora, foi uma coisa agonizante ver que Jò perdeu todas as suas propriedades e crianças e ficou com úlceras em todo o seu corpo. Mas, a vontade de Deus era de fortalecer a fé de Jó por meio desta provação, de forma que ele pudesse obedecer totalmente a Deus, em vez de reclamar Dele, não importando as redondezas onde ele estivesse e não importando se Deus o abençoava ou tirava algo dele. Durante seu sofrimento, seu coração estava mais próximo de Deus e ele pode entender e estar ainda mais consciente das intenções de Deus. Além disto, como sabemos, depois de passar por estas provações, Jó recebeu uma bênção ainda maior, ou seja, Jeová Deus falou para ele através de um vendaval, dando-lhe uma oportunidade de ver pessoalmente as costas de Deus. Na verdade, Deus é tão sagrado que nós, a humanidade corrupta, não somos dignos de ver o rosto de Dele de maneira nenhuma. Jó pode ouvir as palavras do Criador com seus pròprios ouvidos – isso foi a maior honra para uma criatura e também elevou seu conhecimento de Deus. Mais importante, depois que Jó foi testemunha de Deus nas várias tentações de Satanás,contando com sua fé verdadeira e obediência a Deus, ele se libertou totalmente das acusações interferência, ataques e danos de Satanás, tornando-se uma pessoa livre, que verdadeiramente adorava a Deus.

Logo, fica claro que, além das bençãos materiais, as doenças e aflições também são a graça de Deus. Então, não importa que tipo de adversidades ou aflições encontremos, precisamos pôr nosso coração no lugar certo e não devemos nos desviar e reclamar cegamente. Se nos submetermos e buscarmos, com certeza, teremos uma experiência mais profunda do conhecimento de Deus e receberemos um benefício e uma edificação na vida ainda maiores, que são todos tesouros preciosos recebidos com o surgimento da doença e das aflições. Certamente, ganharemos também mais bençãos de Deus.

Por Xiangfei

Leia mais:

Qual é a maior graça de Deus para o homem?

Q que a graça de Deus inclui?

Contate-nos

Esperas ansiosamente pela aparição do Senhor? Como o Senhor aparecerá? Como devemos acolher a Sua aparição? Convidamos-lhe sinceramente a juntar-se a nós na nossa reunião online para conversar sobre esse tópico connosco.