Siga-nos

Você sabe como discenir entre o verdadeiro Cristo e os falsos?

Estamos no fim dos últimos dias. As quatro luas de sangue já se cumpriram por completo. Vários desastres estão se intensificando. Esta também é a hora do retorno do Senhor. Então, quando ouvimos sobre o evangelho do retorno do Senhor Jesus na internet ou através de nossos parentes ou amigos, como devemos agir? O Senhor Jesus uma vez disse: “Se, pois, alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-lo aí! não acrediteis; porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos” (Mateus 24:23-24). Muitos irmãos e irmãs não entendem o verdadeiro sentido dessas palavras, e todas as vezes que escutam notícias sobre a segunda vinda do Senhor Jesus, eles não ousam dar ouvidos para isso ou não recebem os evangelistas por medo de estarem sendo enganados pelos falsos cristos. Mas, enquanto isso, eles também acham que, se fecharem a porta para o verdadeiro Cristo para se protegerem contra os falsos, eles serão aqueles que rejeitaram a Deus e os seus muitos anos de busca terão sido em vão? Por isso, se nós queremos mesmo dar as boas-vindas à chegada do verdadeiro Deus, não podemos fugir de forma passiva, nos proteger e rejeitar as notícias da volta do Senhor Jesus, mas sim dominar a verdade sobre como diferenciar o verdadeiro Cristo dos falsos. Só assim nós poderemos não ser enganados por falsos cristos ou perder a oportunidade de das boas-vindas à manifestação do verdadeiro Deus. Agora, vamos ver como distinguir o verdadeiro Cristo dos falsos.

Bíblicos
Primeiro, devemos discernir de acordo com o fato de que os falsos cristos podem realizar milagres. Na citação acima, o Senhor Jesus nos diz com clareza: “porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodígios.” Então, podemos ver falsos cristos e profetas contam com sinais e milagres para enganar as pessoas. Isto é, nos últimos dias, falsos cristos imitam a obra do Senhor Jesus e enganam as pessoas com sinais e milagres, o que faz com que elas acreditem, de forma errada, que eles são a segunda vinda do Senhor. Com isso, eles enganam o povo escolhido de Deus. Esses são os principais meios que eles usam para enganar as pessoas. Por exemplo, hoje em dia, alguns líderes religiosos imitam a obra que o Senhor Jesus fez, e realizam alguns sinais e milagres simples, como curar os enfermos e expulsar demônios, a fim de enganar as pessoas, assim como Segunda Tessalonicenses 2:9 diz: “A esse iníquo cuja vinda é segundo a eficácia de Satanás com todo o poder e sinais e prodígios de mentira.” Porque falsos cristos e profetas são desprovidos da verdade por completo, e na natureza e substância, eles são imitações de espíritos malignos, só podem imitar alguma obra que Deus já fez e realizar alguns milagres insignificantes. Mas, eles não podem copiar o que Jesus fez ao alimentar cinco mil com cinco pães e dois peixes, ressuscitar mortos, acalmar o vento e o mar, etc. Um livro espiritual diz: “Se, durante o dia de hoje, surgir uma pessoa que seja capaz de mostrar sinais e maravilhas, expulsar demônios, curar os doentes e realizar muitos milagres e, se essa pessoa afirmar que ela é Jesus que veio, então isso seria a fraude dos espíritos malignos e sua imitação de Jesus.” Isso apenas confirma o esclarecimento nos dado pelo Senhor Jesus por meio de sua escritura. Este também é um aspecto da verdade que devemos dominar para discernir falsos cristos.

Em segundo lugar, devemos distinguir com base na substância de Cristo. Todos nós sabemos que o Senhor Jesus iniciou a Era da Graça, concluiu a Era da Lei e completou a obra de Sua crucificação, permitindo que o homem seja perdoado de seus pecados e receba a graça e as bênçãos do Senhor. Somente o próprio Deus pode realizar toda essa obra. O Senhor Jesus é a encarnação do espírito de Deus. Ele se escondeu humildemente e trabalhou entre nós humanos e nunca se exibiu. Ele experimentou todos os sofrimentos do mundo. Para nos resgatar do domínio Satanás, Ele estava disposto a ser pregado na cruz sem qualquer queixa. Além disso, Ele nunca se exibiu, nunca foi arrogante, e muito menos se apegou a Sua posição. Nenhum dos humanos corruptos possui o caráter misericordioso e amoroso que Ele expressou, assim como o que Ele é e tem, como a sua tolerância e paciência. Logo, Cristo pode expressar o caráter de Deus e também fazer a obra própria de Deus. Embora o Deus encarnado tenha uma aparência normal e comum, Ele é capaz de fazer a própria obra de Deus. De forma distinta, a obra dos falsos cristos são totalmente opostas à de Cristo. Eles não podem realizar a obra de salvar a humanidade. Eles só podem realizar alguns milagres para enganar as pessoas, e fazer o máximo para se vangloriarem, se mostrarem e falarem bem de si mesmos. Eles revelam o caráter arrogante, mal e enganoso de Satanás, que é detestável.

Por último, nós devemos distinguir entre o verdadeiro Cristo e os falsos com base em sua capacidade de expressar a verdade. O Senhor Jesus disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida” (João 14:6). Só Deus é a verdade, o caminho e a vida. Com a exceção Deus, nenhum dos seres criados e não criados possui a verdade, o caminho e a vida. Assim, distinguir entre o verdadeiro Cristo e os falsos deve levar em conta se ele tem a verdade, e se ele pode expressar as palavras de Deus, a verdade, o caráter de Deus e tudo o que Ele tem e é. As palavras de verdade expressas por Deus durante a Sua obra podem nos apontar a direção da prática e nos dar uma senda a seguir. Todos nós sabemos quando Jeová Deus operou, Ele decretou leis e mandamentos para o homem obedecer, permitindo que as pessoas daquele tempo soubessem como viver na terra, como se dar bem com os outros, que é o pecado, como adorar a Deus para ganhar sua aprovação, e assim por diante. Como os homens recém-nascidos seguiram os ensinamentos de Jeová e cumpriram Seus mandamentos e ordens, suas vidas tinham estrutura e não estavam no caos como antes. Quando o Senhor Jesus veio trabalhar, Ele também expressou a verdade, trouxe novas maneiras para a pratica da fé, nos ensinou a amarmos o próximo como a si mesmas, sermos tolerantes e pacientes, perdoar os outros, etc. Os ensinos do Senhor Jesus fizeram com que nós ganhássemos cada vez mais humanidade. A partir disso, podemos ver que a obra de Deus nunca se repete e que Ele sempre conduz novos caminhos para a prática. Naquela época, os seguidores do Senhor Jesus, como Pedro e João, ouviram Suas palavras e confirmaram o que Ele expressou era toda a verdade, e assim reconheceram a voz de Deus e viram a manifestação de Cristo. Ao contrário, falsos cristos e maus espíritos chamam a si mesmos de Cristo, mas eles não possuem a menor substância de Cristo. Eles só podem mostrar e testemunhar a si mesmos, mas não podem expressar a verdade de forma alguma. Eles precisam copiar e imitar com base na fundação da obra do Senhor Jesus, e realizar alguns milagres para enganar as pessoas, mas não podem mostrar às pessoas o caminho para a prática. Por fim, eles desmoronam de forma inconsciente. Alguns dos falsos cristos foram amaldiçoados por Deus e morreram. Seus seguidores não ganharam verdades e vida, e alguns até foram possuídos por espíritos malignos e punidos. Todas essas coisas existem em algumas denominações cristãs. Portanto, para distinguir entre o verdadeiro Cristo e os falsos, o mais importante é confirmar que somente Cristo é a verdade, o caminho e a vida, e que os falsos cristos não têm verdade em absoluto.

Através dos três aspectos acima, podemos perceber que o propósito do Senhor Jesus ao fazer essa profecia era nos lembrar: quando Ele retornar no fim do mundo, surgirão falsos cristos e falsos profetas e eles usarão grandes sinais e maravilhas para enganar o povo escolhido de Deus. Ou seja, o tempo em que falsos cristos e falsos profetas aparecem e começam a enganar as pessoas ao redor do mundo é o tempo exato em que o verdadeiro Cristo já se manifestou e começou a realizar a Sua obra, e é também o tempo em que devemos buscar a manifestação de Deus e seguir Suas pegadas. Somente quando nos equipamos com as verdades para distinguir entre o verdadeiro Cristo e os falsos, somente quando conhecemos a substância de Cristo e quando somos capazes de saber e discernir os meios pelos quais os falsos cristos enganam as pessoas, podemos encontrar o retorno do Senhor Jesus – a manifestação de Cristo dos últimos dias. Quando entendermos como distinguir entre o verdadeiro Cristo e os falsos, não vamos mais nos proteger e evitar o evangelho da segunda vinda do Senhor, nem rejeitá-lo cegamente. Em vez disso, poderemos buscar, investigar e discernir reverenciando a Deus em nosso coração e decidir se o Senhor Jesus retornou ou não de acordo com os princípios da verdade. Porque quando o Senhor Jesus voltar nos últimos dias, Ele ainda dirá Suas palavras e expressará a verdade. Assim como Ele disse quando profetizou Seu retorno: “Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade” (João 16:13). “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo” (Apocalipse 3:20). “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas” (Apocalipse 2:11). Quando ouvirmos a voz do Senhor Jesus que retornou através de vários métodos e buscarmos a verdade com um coração que anseia e procura, Deus nos iluminará, nos guiará, nos fará pensar, ver com clareza e nos dará a capacidade de distinguir. Assim, poderemos acolher a manifestação de Cristo dos últimos dias e não perder a oportunidade de sermos salvos pelo retorno do Senhor Jesus nos últimos dias.

Por Song Li


Artigos relacionados:

Como distinguir o verdadeiro caminho de falsas maneiras? 3 pontos que você deveria saber

Aprendi como distinguir entre o verdadeiro Cristo e os falsos em uma reunião no Facebook

Clique para ler mais

Contate-nos

Em 2020, a praga grassa em todo o mundo. Os sinais do retorno do Senhor já apareceram. Então como podemos recebê-Lo e lançar fora o pecado e alcançar a pureza, para que possamos obter a proteção de Deus e sobreviver a catástrofes naturais? Por favor, junte-se aos nossos encontros online grátis, onde vamos explorar esta questão em conjunto com você para encontrar a resposta.

Por favor, leia e concorde com a nossa política de privacidade abaixo para começar a conversar com a gente.

Você leu e concordou com a nossa política de privacidade?