Menu

Sobrevivi milagrosamente ilesa a uma tempestade devastadora

Um dia em fevereiro de 2018, Yi Zhi foi apanhada por uma tempestade devastadora. Os fortes ventos atingiram a terra com fúria, explodindo o telhado e fazendo sua casa desmoronar, mas ela sobreviveu sã e salva. Yi Zhi sabia que isso aconteceu por causa do cuidado milagroso e da proteção de Deus. Por isso, ela estava cheia de gratidão a Deus em seu coração. Mais tarde, durante uma reunião, ela comunicou com alegria com os irmãos e irmãs sua extraordinária experiência de ser protegida por Deus naquela grande tempestade.

Sobrevivi milagrosamente ilesa a uma tempestade devastadora

Yi Zhi começou a comunicar.

Irmãs e irmãos, Deus disse: “Sem a Minha existência, a humanidade só perecerá e sofrerá o flagelo das calamidades. Nenhum ser humano tornará a ver a beleza do sol e da lua nem o mundo verde; a humanidade só há de se deparar com a noite gélida e o vale implacável da sombra da morte. Sou a única salvação da humanidade. Sou a única esperança da humanidade e, mais ainda, sou Aquele sobre quem se baseia a existência de toda a humanidade.” É verdade! Deus governa o destino de todas as coisas e seres vivos. Ele é o único fundamento da existência dos humanos. Através da minha recente experiência, percebi que é por causa do cuidado e proteção de Deus que estou viva até hoje. Caso contrário, eu não estaria aqui.

Às quatro e meia da manhã, do dia nove de fevereiro, quando eu estava participando de uma reunião on-line, uma tempestade repentina atingiu a região onde moro. Enquanto os uivos da tempestade se aproximavam, a eletricidade e as linhas telefônicas caíram de imediato, e meu quarto ficou escuro. Eu senti a casa inteira tremer, especialmente a parede à minha frente. Ela estava de frente para o vento e tremia muito. Fiquei com muito medo e pensei: “Será que vai cair e me esmagar?” Meus instintos de sobrevivência me fizeram procurar um lugar seguro, mas quando eu estava prestes a levantar, ouvi um baque alto que me assustou e, por isso, me encolhi. Naquele momento, senti que a casa inteira estava em perigo de desmoronar, portanto, não sabia onde me esconder. Só então minha mãe, que estava do outro lado do meu quarto, acordou assustada, e gritou meu nome com a voz cortada. Seu medo quase a levou às lágrimas, e eu queria ir protegê-la. Logo que me virei e corri para ela, a parede que estava de frente para o vento caiu atrás de mim com um estrondo. Felizmente, não fui esmagada. Um telhado também caiu fazendo muito barulho. Fiquei chocada com o que vi: a viga pesada que desabara estava no meu quarto, com uma extremidade na mesa do computador que eu usava para as reuniões, e a outra ponta no meu criado de cabeceira. Minha mãe e eu ficamos em um espaço que acabou se formando. Foi dessa forma maravilhosa que Deus nos protegeu. Neste momento minha mãe disse: “Apresse-se e ore a Deus!” Então, orei em silêncio: “Deus! A tempestade está soprando forte, e estamos com muito medo de que nossa casa entre em colapso e nos esmague. Mas sei que tudo isso está em Tuas mãos. Que Tu nos dê fé e força, e remova o nosso medo, para que possamos obedecer à Tua soberania e arranjos, para que não nos queixemos, mesmo que não seja possível sobreviver.” Depois que orei, meu coração se acalmou um pouco. Vendo que, embora a parede tivesse desmoronado e o teto tivesse caído, ainda estávamos sãs e salvas, sem qualquer ferimento, eu soube que Deus estava nos salvando. Isso nos fez ver os milagres de Deus mais uma vez.

Este evento foi terrivelmente perigoso, mas não nos machucou. No desastre, vi que Deus estava conosco o tempo todo, que a proteção e o cuidado Dele por nós eram muito reais. Eu não pude deixar de agradecê-Lo e louvá-Lo do fundo do meu coração: Deus, Tu és realmente todo-poderoso! Naquele momento, uma passagem das palavras de Deus ocorreu-me com muita clareza: “O coração e o espírito do homem são guardados na mão de Deus, tudo de sua vida é observado pelos olhos de Deus. Não importa se você acredita nisso ou não, todas as coisas, vivas ou mortas, vão se transformar, mudar, se renovar e desaparecer de acordo com os pensamentos de Deus. Tal é a maneira pela qual Deus preside sobre todas as coisas.” Pela minha experiência, vi que as palavras de Deus são muito reais e práticas. A parede e o teto eram coisas sem vida, mas também estavam sob o controle de Deus. Quando a tempestade chegou, o maravilhoso arranjo de Deus permitiu que escapássemos do perigo. Eu experimentei de verdade que somente Deus tem a autoridade para orquestrar tudo, e que se confiarmos Nele, mesmo que desastres terríveis aconteçam, não há o que se temer.

Sob a orientação das palavras de Deus, fiquei muito mais calma, então, rapidamente, abri a porta do meu quarto para ver se conseguiríamos uma saída. À luz de uma lâmpada da rua, vi vagamente que o corredor da sala estava cheio de madeira quebrada e uma bagunça completa. Metade do revestimento de ferro estava retorcido, todo o teto da sala havia caído, e uma viga grossa e pesada cruzava a sala, impedindo-me de entrar nela. Nesse momento, lembrei-me que duas irmãs da igreja estavam no outro quarto. Abri a porta, e vê-las sãs e salvas me deixou muito feliz. Eu não pude deixar de agradecer e louvar a Deus do meu coração. Olhei ao redor do quarto e descobri que o teto acima do pé da cama havia cedido, mas estava intacto acima da cabeceira. Assim, o teto formou uma asa aberta, criando um espaço no meio do quarto que protegia as duas irmãs. De forma ainda mais milagrosa, a irmã Wang costumava dormia sozinha em outro quarto, mas naquela noite ela decidiu dormir no quarto da irmã Li. No quarto da irmã Wang, o teto desabou e esmagou sua cama, a porta estava bloqueada e não podia ser aberta. Felizmente, os pensamentos da irmã Wang também foram orquestrados pelas mãos de Deus. Graças a Deus! Foi Ele quem protegeu as duas irmãs do perigo. Isso me fez ver ainda mais a onipotência e a soberania de Deus.

Lá pelas cinco da manhã, quando ainda estava ventando e chovendo, ouvimos algumas pessoas gritando: “Saiam todos e corram para um local seguro.” Fiquei ansiosa de novo: todos queríamos sair dali, mas nossa rota de fuga estava bloqueada pela viga atravessada na sala de estar e pelas outras madeiras quebradas. Através das fendas entre a madeira, pude ver fagulhas brilhantes e ouvir ruídos de estalo incessantes, que estavam sendo gerados pelos cabos de energia que caíram na água. Isso nos deixou tensas. Pensei: “Esta casa é feita de concreto armado e madeira, e seria muito fácil pegar fogo se houvesse um curto-circuito. E qualquer incêndio logo estaria fora de controle.” Naquele momento, senti que a morte não estava longe de mim. Não pude evitar sentir medo e ficar nervosa. A única coisa que eu podia fazer era clamar a Deus sem cessar em meu coração, desejando que Ele nos salvasse do desastre. Em minha oração, pensei nas palavras de Deus: “O desastre tem origem em Mim e, claro, é por Mim orquestrado.” Naquele momento, eu soube, com clareza, que esse desastre era orquestrado por Deus e que tudo que acontecia comigo tinha a permissão Dele, assim como aconteceu com Jó. Diante do desastre, Jó não se queixou contra Deus nem negou o nome Dele, sem se importar em viver ou morrer. Em vez disso, ele ainda foi capaz de louvar o nome de Deus e, no fim, deu testemunho Dele. Portanto, dar testemunho de Deus neste desastre não era a vontade Dele? Pensando nisso, entreguei-me nas mãos de Deus e resolvi me submeter à Sua orquestração e arranjo, sem me importar em viver ou morrer.

Depois de entender a vontade de Deus, meu coração ficou muito mais calmo e orei, em silêncio: “Ó Deus! Neste momento em que estou entre a vida e a morte, venho demonstrando apenas preocupação e medo, sem dar testemunho de submissão. Agora estou disposta a entregar tudo o que tenho a Ti. Não importa se sobreviverei ou não, eu louvarei a Sua justiça, sem qualquer reclamação.” Depois de fazer a oração, relaxei, fiquei livre da pressão, e tive força. Depois nos juntamos para retirar todos os pequenos pedaços de madeira quebrada, e saímos da casa passando por baixo da viga que estava atravessada na sala de estar.

Então o vento e a chuva ficaram ainda mais fortes. Atravessamos uma estrada e chegamos a um lugar seguro. Quando olhei para trás, todo o telhado da nossa casa foi arrancado com um estrondo e depois esmagado no chão por uma rajada de vento que veio da direção oposta. Perto dali, os sons dos telhados sendo levantados continuavam vindo em nossa direção. Todo o céu estava escuro, aterrorizante e cheio de vários objetos voadores. Toda a infraestrutura de eletricidade e comunicações havia sido derrubada, de modo que a conexão com a internet e o fornecimento de água e eletricidade também foram cortados.

Às sete da manhã, o vento diminuiu um pouco. Decidimos sair imediatamente para encontrar um lugar mais seguro. Uma irmã nos levou para procurar um lugar onde pudéssemos ficar. Ao longo do caminho, vimos que árvores enormes tinham sido arrancadas, cachos de banana estavam no chão e muitas casas e instalações foram seriamente danificadas. Uma cena de devastação total! O imóvel onde morávamos desabou por completo. O chão estava cheio de telhas quebradas, pregos, madeira e vidro estilhaçado. Algumas casas mais isoladas foram destruídas até o chão. Por onde a tempestade passou, toda a infraestrutura foi destruída, todas as casas estavam cheias de água e seus telhados foram arrancados. Toda a ilha parecia desolada, todos os sobreviventes estavam em choque e os feridos lotavam o único hospital do lugar.

Mesmo com o desmoronamento da nossa casa, nós quatro estávamos ilesas. Mais tarde, Deus providenciou um casal chinês para nos ajudar. Eles nos levaram para morar na casa deles e compraram um pouco de comida para nós. Tudo isso me fez sentir o cuidado, a misericórdia e a proteção de Deus para conosco. Nossos conhecidos quase não acreditavam que tínhamos sobrevivido a tamanho desastre. Eles diziam: “Vocês são muito sortudas! Pessoas que não morrem em um desastre como este estão destinadas à boa sorte.” Mas ficou claro para mim que tudo isso era proteção e cuidado de Deus para conosco.

Quando me lembro das cenas deste desastre assombroso, é evidente que, embora estivéssemos cercadas pelo perigo, estávamos a salvo porque Deus estava ao nosso lado em todos os momentos e não nos abandonou em nenhum passo do caminho. Foi devido à Sua orientação que fomos capazes de escapar do perigo diversas vezes e sobreviver ao desastre. Eu experimentei de verdade que cada coisa que Deus fez por mim contém Seu amor e misericórdia. Eu também experimentei que Deus é aquele em quem devemos confiar. Se acreditarmos de forma genuína e confiarmos Nele, não existirá dificuldade que não possa ser superada. Graças a Deus! Este é o fim do meu testemunho. Que Deus nos abençoe.

Depois de ouvir a experiência de Yi Zhi, todos os irmãos e irmãs ficaram profundamente comovidos pelo amor de Deus e foram às lágrimas. Então, eles começaram a conversar com animação sobre o imenso amor de Deus por cada um deles.

Por Yi Zhi, Estados Unidos

Artigos relacionados:

A maravilhosa proteção de Deus em um incêndio terrível

Você Sabe Que A Vontade de Deus está Por Trás dos Desastres Que Surgem Em Todos Os Lugares?

Contate-nos

Esperas ansiosamente pela aparição do Senhor? Como o Senhor aparecerá? Como devemos acolher a Sua aparição? Convidamos-lhe sinceramente a juntar-se a nós na nossa reunião online para conversar sobre esse tópico connosco.