Menu

A palavra de Deus permanece para sempre - estudo em Isaías 40:8

Meditando o evangelho de hoje

Estes versículos nos dizem que, a grama seca, a flor murcha, mas as palavras de Deus nunca desaparecerão e permanecerão para sempre. Isso é verdade. Pela obra de Deus, podemos ver o fato de que: “Ele é tão bom quanto a sua palavra, e a sua palavra será cumprida, e o que se cumpriu dura para sempre”. No tempo de Noé, depois que Deus usou o dilúvio para destruir o mundo, por causa da corrupção do homem, Ele estabeleceu a aliança do arco-íris com Noé, como um sinal de que Ele nunca mais destruiria o mundo usando dilúvios. O arco-íris que vemos hoje é um reflexo da autoridade das palavras de Deus. Abraão estava disposto a oferecer seu único filho Isaque a Deus, então Deus prometeu a ele que sua progênie seria tão numerosa quanto as estrelas do céu, e tão abundante quanto a areia da praia. Até agora, sua progênie está em todo o mundo; A promessa de Deus foi cumprida. Além disso, na Era da Lei, Deus decretou leis por meio de Moisés para levar o povo a viver na terra. Esses mandamentos e leis também estabeleceram uma base para o aperfeiçoamento dos sistemas jurídicos para as gerações subsequentes. Sua influência permanece até hoje.

Pense no final da Era da Lei. As pessoas não podiam cumprir as leis e corriam o risco de serem condenadas e amaldiçoadas por elas. Deus pediu aos profetas que predissessem que o Messias viria para salvar os israelitas da aflição. Então, na Era da Graça, Deus pessoalmente se tornou carne para ser pregado na cruz como uma oferta pelo pecado pela humanidade, redimindo-nos assim do pecado. Suas palavras “Está consumado” significavam que não éramos mais pecadores e não seríamos mais condenados pelas leis. Estaríamos qualificados para vir diante de Deus, e orar a ele. A obra de salvação de Deus na Era da Graça foi assim concluída. Embora tenhamos sido redimidos, nossa natureza pecaminosa ainda existe. Ainda vivemos desamparados em um ciclo de pecado durante o dia e confissão à noite. O Senhor Jesus profetizou: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele Comigo” (Apocalipse 3:20). “Eis que cedo venho e está Comigo a Minha recompensa, para retribuir a cada um segundo a sua obra” (Apocalipse 22:12-13). “E, se alguém ouvir as Minhas palavras, e não as guardar, Eu não o julgo; pois Eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo. Quem Me rejeita, e não recebe as Minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia” (João 12:47-48). “E chegar-me-ei a vós para juízo; […] diz Jeová dos exércitos” (Malaquias 3:5). “Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus” (1 Pedro 4:17). A partir desses versículos, podemos entender que nos últimos dias, Deus fez uma promessa para nós, humanos. Ele certamente expressa palavras para fazer um estágio da obra de julgamento, começando na casa de Deus, e usa Suas palavras para julgar e purificar as corrupções do homem, para que o homem possa receber Sua promessa. Enquanto isso, Deus também julga o homem por meio de Suas palavras para que todos sigam sua própria espécie. Deus retribuirá a cada homem de acordo com suas ações. Isso é determinado pelas palavras de Deus, pois, uma vez que as palavras de Deus surgiram, tudo o que Deus deseja, que seja feito será realizado de acordo com Suas palavras. Esta é a verdade que nunca muda. Então, como devemos abordar a promessa de Deus?

Veja também:

– O que é Fé? Como Desenvolvemos a Verdadeira Fé em Deus?

– Como preencher o vazio existencial

– Estudo em João 4:23-24 - adorar a Deus em espírito e em verdade

– João 8:32 estudo – Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará

– Irai-vos, e não pequeis – Efésios 4:26

Imagem de evangelho do dia

Verso da Bíblia, Isaías 40:8

Convidamos você a usar nossa Versiculo do dia para hoje para enriquecer sua Devocional Diário.

Contate-nos

Esperas ansiosamente pela aparição do Senhor? Como o Senhor aparecerá? Como devemos acolher a Sua aparição? Convidamos-lhe sinceramente a juntar-se a nós na nossa reunião online para conversar sobre esse tópico connosco.