Menu

Busca Bíblica: O Senhor virá com uma imagem diferente quando retornar

Olá, irmãos e irmãs do Perguntas e Respostas Espirituais,

Há uma pergunta que gostaria de fazer. Como está dito na Bíblia: “Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir” (Atos 1:11), eu sempre pensei que, como o Senhor Jesus subiu ao céu com a imagem e as roupas de um judeu, quando retornar, Ele descerá entre nós com a mesma aparência. No entanto, durante uma reunião, o pregador disse que essa profecia não diz com exatidão que o Senhor descerá com aparência de um homem judeu, e que, como seres humanos, nós não somos capazes de sondar os mistérios das profecias, não podemos determinar que a imagem do Senhor retornado seja de um judeu com base em nossas imaginações, pois, do contrário, provavelmente perderíamos a oportunidade de dar as boas-vindas ao Senhor. Por isso, estou muito confusa. O Senhor se manifestará com a imagem de um homem judeu quando voltar? Se Ele altera sua imagem, como podemos reconhecê-lo e acolher o seu retorno? Espero receber sua resposta a respeito desta pergunta.

Xiying

Senhor virá com uma imagem diferente quando retornar

Olá, irmã Xiying,

Antes, eu também acreditava que quando o Senhor Jesus voltasse, Ele ainda assumiria uma imagem judaica. Mais tarde, no entanto, estudando de perto a Bíblia e alguns outros materiais, descobri que minha compreensão não era sustentável, porque a imagem de Deus não é algo que podemos definir. Como todos sabemos, na Era da Lei, Deus apareceu a Moisés em uma sarça ardente (veja Êxodo 3:1-4) e, na Era da Graça, quando o Senhor Jesus estava realizando Sua obra, Ele mudou de forma diante de seus discípulos. Como podemos ver em Mateus 17:1-2: “Seis dias depois, tomou Jesus consigo a Pedro, a Tiago e a João, irmão deste, e os conduziu à parte a um alto monte; e foi transfigurado diante deles; o seu rosto resplandeceu como o sol, e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz.” A partir disso, pode-se ver que a imagem de Deus pode mudar e que não pode ser definida por nós, humanos.

A Bíblia diz: “Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade” (João 4:24). “Tende em vós aquele sentimento que houve também em Cristo Jesus, o qual, subsistindo em forma de Deus, não considerou o ser igual a Deus coisa a que se devia aferrar, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, tornando-se semelhante aos homens” (Filipenses 2:5-7). Por estes versículos podemos ver que Deus é Espírito, sem forma e amorfo. Por causa das necessidades da obra, Ele precisou realizar um estágio dela na Judéia para redimir a humanidade. Portanto, Ele encarnou-se como uma pessoa judia para melhor completar a obra da crucificação. Mas não podemos usar a imagem do Senhor Jesus para definir a imagem de Deus e acreditar que, quando o Senhor retornar, Ele ainda virá com a mesma imagem que assumiu na Judéia. Se o Senhor alterar a Sua imagem quando voltar, mas nós nos recusamos a aceitá-Lo só porque Ele não tem mais a aparência de um judeu, então perderemos a oportunidade de sermos arrebatados. Seremos como os fariseus do passado que, com base nas profecias da Escritura, determinaram que o Messias vindouro nasceria no palácio, com uma graça extraordinária e uma imagem elevada. Mas quando o Senhor Jesus se manifestou e trabalhou, Ele tomou a forma de um humano comum. Além disso, Ele realizou uma obra que não estava de acordo com as concepções e imaginações dos fariseus. Portanto, eles determinaram que o Senhor Jesus não era o Messias e, por fim, pregaram-No na cruz, ofendendo assim o caráter de Deus. Como conhecemos o fracasso dos fariseus, não devemos usar nossas concepções e imaginações para definir a imagem do Senhor que retornou.

Este é o momento crítico para acolher a chegada do Senhor. Se Ele volta com uma imagem diferente, como vamos reconhecê-Lo e acolher Seu retorno? Quando o Senhor Jesus veio para realizar a Sua obra, todos os discípulos e os crentes que O seguiram reconheceram por suas palavras e obras que Ele era o Cristo, a vinda do Messias. Está escrito em João 1:47-49: “Jesus, vendo Natanael aproximar-se dele, disse a seu respeito: Eis um verdadeiro israelita, em quem não há dolo! Perguntou-lhe Natanael: Donde me conheces? Respondeu-lhe Jesus: Antes que Felipe te chamasse, eu te vi, quando estavas debaixo da figueira. Respondeu-lhe Natanael: Rabi, tu és o Filho de Deus, tu és rei de Israel.” A princípio, Natanael não acreditou que o Senhor Jesus fosse o Messias, mas quando o Senhor Jesus disse que sabia o que ele havia dito debaixo da figueira, Natanael reconheceu que o Senhor Jesus era a vinda do Messias e assim começou a segui-Lo. A mulher samaritana é outro exemplo. No começo, ela não sabia que o Senhor Jesus era a vinda do Messias, mas quando Ele expôs seu segredo – que ela tinha cinco maridos – imediatamente, ela reconheceu que o Senhor Jesus era o Messias, porque sabia que somente Deus examina o mais profundo do coração humano. Outras pessoas, como Pedro, João, Mateus e Marcos, reconheceram que o Senhor Jesus era o Messias apenas pelo que Ele ensinava, e assim começaram a segui-Lo e ganharam a salvação.

Com relação ao retorno do Senhor, existem muitas profecias na Bíblia, tais como: “Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras” (João 16:12-13). “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu as conheço, e elas me seguem” (João 10:27). “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo” (Apocalipse 3:20). Além disso, foi profetizado no livro do Apocalipse: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito dia às igrejas” (Apocalipse 2:29). Por essas profecias, sabemos que, quando Deus se manifestar para operar nos últimos dias, Ele falará e declarará Suas palavras. As ovelhas de Deus são capazes de ouvir Sua voz e saem para receber o Senhor, sendo, portanto levadas até diante do trono Dele. O Senhor Jesus uma vez disse: “Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro!” (Mateus 25:6). Nós não sabemos como o Senhor baterá em nossas portas quando Ele retornar. Podemos ouvir a voz de Deus através de nossos irmãos e irmãs nas igrejas, ou de nossos parentes e amigos que vêm pregar o evangelho para nós, através da internet ou de outros lugares, e podemos ver as palavras de Deus para todas as igrejas. Mas não importa a maneira como o Senhor baterá em nossas portas e se ela está de acordo com as nossas noções e imaginações, nós devemos ser as virgens prudentes, de mente aberta, que buscam, investigam e escutam a voz de Deus. Acredito que Deus certamente nos guiará para reconhecermos Sua voz a partir de suas declarações e acolheremos o retorno do Senhor!

Perguntas e Respostas Espirituais

Artigos relacionados:

Qual será o sinal da volta do Senhor?

O Senhor Jesus voltará com uma aparência judaica?

Contate-nos

Esperas ansiosamente pela aparição do Senhor? Como o Senhor aparecerá? Como devemos acolher a Sua aparição? Convidamos-lhe sinceramente a juntar-se a nós na nossa reunião online para conversar sobre esse tópico connosco.