Menu

Qual é a maior graça de Deus para o homem?

A graça vem de Deus e, como Ele criou a nós, os humanos, Sua graça sempre nos acompanhou. Contando a graça de Deus, muitos irmãos e irmãs podem dizer que Ele curou suas doenças, que garantiu a paz de sua família, ou que fez com que ela fosse feliz e tudo corresse bem, etc. Essas são graças de Deus e só trazem prazer à nossa carne, mas elas não são tão benéficas para a nossa vida. A palavra de Deus é o que mais beneficia nossa vida, que é a maior graça que Deus nos concedeu. Se escutarmos as palavras de Deus, receberemos a graça e as bênçãos de Dele e viveremos sob Seu cuidado e proteção.

Quando Adão e Eva obedeceram às palavras de Deus, receberam a graça e as bênçãos de Dele.

Depois que Deus criou nossos ancestrais Adão e Eva, Ele os estabeleceu no Jardim do Éden e lhes disse: De toda árvore do jardim podes comer livremente; mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás” (Gênesis 2:16-17). Depois de ouvir as palavras de Deus, Adão e Eva agiram de acordo: eles só comiam o fruto de outras árvores, não da árvore do conhecimento do bem e do mal. Por isso, eles foram abençoados por Deus. Eles cuidavam das plantas e animais dentro do jardim, se amavam, viviam em paz e felizes juntos. Então, um dia, a serpente veio tentá-los a comer o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal e, devido à sua falta de discernimento, eles caíram no ardiloso esquema de Satanás, desafiaram as palavras de Deus e comeram o fruto que Ele os instruiu a não comer. Por isso, eles foram expulsos do Jardim do Éden e, depois disso, viveram uma vida dolorosa de suor e trabalho para sustentar sua família – eles perderam a graça e as bênçãos de Deus. Esse foi o resultado do desafio às palavras de Deus.

Na era do Antigo Testamento, quando as pessoas guardavam as leis e os mandamentos de Deus, recebiam a graça e as bênçãos de Dele.

A humanidade da era do Antigo Testamento não sabia como viver, então, Deus Jeová proclamou leis e mandamentos para dizer-lhes como viver, como adorá-Lo, que tipo de pessoas Deus abençoa, que tipo Ele amaldiçoa e o que é pecado. Estas palavras de Deus Jeová eram as necessidades do homem e deviam ser seguidas por ele. Quando agiram de acordo com as leis, os israelitas receberam a graça e as bênçãos de Deus: eles viviam em paz juntos na terra e tinham Deus com eles, tinham Seu cuidado e proteção em todos os momentos. Como diz a Bíblia: Guarda as ordenanças do Senhor teu Deus, andando nos seus caminhos, e observando os seus estatutos, os seus mandamentos, os seus preceitos e os seus testemunhos, como está escrito na lei de Moisés, para que prosperes em tudo quanto fizeres e por onde quer que fores” (1 Reis 2:3).

No entanto, no final da era do Antigo Testamento, as pessoas estavam tão profundamente corrompidas por Satanás que não conseguiam observar as leis. As pessoas começaram a fazer ofertas inferiores e vender gado, ovelhas e pombas no templo, transformando-o em um covil de ladrões, fazendo assim as coisas que Deus abominava e detestava. Por traírem as leis e mandamentos de Deus, todos eles enfrentaram o perigo de serem condenados pelas leis.

Na era do Novo Testamento, as pessoas que aceitaram o evangelho do Senhor Jesus receberam a graça e as bênçãos de Deus.

Quando estava encarnado na terra, o Senhor Jesus trouxe o evangelho do reino dos céus e pregou o caminho do arrependimento, dizendo aos homens que eles deveriam confessar seus pecados e se arrepender, amar seus inimigos, ser humildes e pacientes, perdoar os outros, amar o próximo como a si mesmos e assim por diante. As pessoas que agiram de acordo com as palavras do Senhor Jesus receberam o perdão dos pecados, não mais enfrentaram o perigo de serem punidas pela lei por cometer pecados e viveram sob a graça e as bênçãos de Deus. Já aqueles que se recusaram a aceitar o caminho do arrependimento pregado pelo Senhor Jesus, perderam a salvação de Deus, ainda vivendo a vida dolorosa de estarem obrigados pelas leis.

Com base na obra anterior de Deus, podemos saber que as Suas palavras são a maior graça e bênçãos que Ele concede ao homem. Se seguirmos o caminho de Deus e agirmos de acordo com Suas palavras, viveremos sob Seu cuidado e proteção. O Senhor Jesus disse: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus (Mateus 4:4). Essas palavras nos dizem que, além do alimento,o mais importante é vivermos das palavras de Deus, não as deixando, porque somente a palavra de Deus pode ser a nossa vida, e é o fundamento da nossa existência.

Nos últimos dias, devemos aceitar as novas declarações de Deus para receber Sua graça e bênçãos.

O livro do Apocalipse profetiza:Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas. O que vencer, de modo algum sofrerá o dado da segunda morte (Apocalipse 2:11). Estas palavras nos enviam uma mensagem: quando Deus se manifestar e começar sua obra nos últimos dias, Ele falará novamente e concederá a palavra da vida a nós. Portanto, devemos prestar atenção para ouvir com atenção e, depois de ouvir as novas palavras de Deus, devemos buscar e investigar sem demora. Somente assim poderemos obter a salvação de Deus dos últimos dias e receber a graça e as bênçãos Dele.

Cindy, EUA

⭐️Leia mais:

Q que a graça de Deus inclui?

A história de Jó: o surgimento de doença ou aflição também é a Graça de Deus

Contate-nos

Esperas ansiosamente pela aparição do Senhor? Como o Senhor aparecerá? Como devemos acolher a Sua aparição? Convidamos-lhe sinceramente a juntar-se a nós na nossa reunião online para conversar sobre esse tópico connosco.