Menu

Adeus aos dias de lutar por conta própria

Seja quando fosse, na madrugada, se eu pensava na minha intenção de comprar uma casa, não conseguia mais dormir. Eu costumava contar, “10.000 yuan, 20.000 yuan, 30.000 yuan… Eu preciso trabalhar ainda mais duro para ganhar dinheiro. Então poderia ter uma vida melhor.” Esta era minha maior esperança, e para ter uma vida boa eu me joguei no intuito de ganhar dinheiro todo dia. Apenas quando me adoeci que fui desperta.

Eu decidi mudar meu próprio destino fazendo dinheiro

Devido ao fato que minha família era pobre em minha infância, éramos desprezados por outras pessoas da vila. Toda vez que eu via meus pais sendo ridicularizados por eles, sentia como se o meu coração estivesse sendo cortado com uma faca. Então, me decidi: quando crescesse, eu faria o melhor que pudesse para ganhar dinheiro, e permitir que meus pais tivessem uma vida melhor. Após me casar, tanto meu marido e eu tínhamos salários baixos. Mas, eu acreditava firmemente que com certeza eu podia mudar meu destino com minhas próprias mãos.

Após isso, meu marido e eu vimos que muitas pessoas que conhecíamos tinham empresas de transporte de passageiros e haviam ficado ricas. Então, para cumprir rapidamente nosso sonho de viver uma vida melhor, pegamos dinheiro emprestado para comprar um ônibus e começamos nossa empresa de transporte. Eu saía cedo e retornava tarde todos os dias, e não tinha tempo para cuidar de nosso filho. Além disso, eu não comia regularmente e não conseguia dormir bem à noite. Após um certo período, eu tive um ataque nervoso e problemas de estômago. Contudo, eu ainda arrastava meu corpo exausto ao trabalho todos os dias. Mas depois, o governo nos informou que todos os ônibus velhos tinham que ser substituídos pelos novos. Essa notícia me deixou amargamente desapontada, pois eu não tinha o dinheiro para substituir nosso ônibus velho. Eu não tinha escolha senão vendê-lo e procurar outra forma de fazer dinheiro.

Pouco tempo depois, peguei um trabalho como atendente de bilheteria em uma estação. Quando mais eu trabalhava, mais eu ganhava. Para cumprir meu sonho mais rápido, começava a trabalhar às 6 da manhã e não chegava em casa até 22 horas todo dia. Durante o período do Ano Novo Chinês, às vezes eu trabalhava até a madrugada. Conforme o tempo passava, eu sofria todos os tipos de novas enfermidades, como espondilose cervical, doença lombar, ombro travado, anemia, problemas ginecológicos, assim por diante. Toda vez que ia aos médicos, ignorava seus conselhos, e voltava a trabalhar com dor antes de me recuperar. Mais tarde, quando meu marido e eu planejamos em comprar uma casa após termos ganhado certo dinheiro, meu chefe me chamou e disse, “A firma precisa diminuir reduzindo o número de empregados. Você não precisa voltar para o trabalho…” Naquela época, meu marido também não tinha um trabalho. Nós mal conseguíamos sustentar nossa família, muito menos comprar uma casa e viver uma vida boa. Diante desse imprevisto, eu já não conseguia me controlar, e segurando minha cabeça chorava alto. Eu não sabia como seria o meu futuro.

Mais tarde, eu entrei em marketing direto. Guiei uma equipe em uma empresa dessa área e precisava ter reuniões e treinamento de equipe todo dia. Contudo, mesmo após certo tempo, eu não estava ganhando muito dinheiro. E devido a estar ocupada por muito tempo tentando assiduamente vender os produtos, me sentia exausta física e mentalmente e sofria terrivelmente. Eu estava confusa sobre minha vida e meu futuro, e naquela época estava com muita dor. Eu pensava comigo mesma, “As pessoas dizem que é possível mudar o próprio destino e construir uma bela casa com as próprias mãos. Mas por que eu não consigo mudar meu destino apesar de trabalhar duro para ganhar dinheiro? Quando eu vou conseguir ganhar dinheiro suficiente para ter um estilo de vida aristocrata?” Eu perdi confiança e esperança no meu futuro, e não sabia como encarar a vida.

Quando eu mais estava em agonia, uma nova vida apareceu

Justamente quando eu estava mais desesperada, um parente me passou o evangelho do reino de Deus. Eu li as palavras de Deus, “A humanidade, tendo se desviado da provisão de vida do Todo-Poderoso, ignora o propósito da existência, mas ainda assim teme a morte. Ela está sem ajuda ou apoio, mas ainda relutante em fechar os olhos, e se prepara para arrastar uma existência ignóbil neste mundo, um saco de carne sem nenhum senso da própria alma. Você vive desse modo, sem esperança, como fazem os outros, sem objetivo. Só o Santo da lenda salvará as pessoas, que, gemendo em meio ao sofrimento, anseiam desesperadamente por Sua chegada. Até agora, tal crença não foi concretizada naqueles que carecem de consciência. No entanto, as pessoas ainda anseiam por isso.” O que as palavras Dele me revelaram foi exatamente o estado em que eu estava. Sem a orientação de Suas palavras, eu sempre pensei que o objetivo da vida era ganhar muito dinheiro por mim mesma. Portanto, para alcançar meu desejo de me elevar diante dos outros, me tornei como uma máquina que operava a todo favor. No entanto, não só eu não ganhei muito dinheiro como também eventualmente tive várias enfermidades. Anos de esforços por aí causaram que eu me sentisse cansada e insuportavelmente miserável. As palavras de Deus foram como uma luz na escuridão me dando esperança. Deus se tornou minha rocha, e só me colocando diante Dele e O adorando eu podia ter verdadeira paz e alegria. Eu estava disposta a entregar o resto de minha vida a Deus e obedecer Seu controle e arranjos.

Nos dias que seguiram, eu nunca me ausentei de nenhum encontro da igreja. Gradativamente, um sorriso apareceu em meu rosto e comecei a ter uma visão otimista da minha vida. Logo depois, encontrei um novo trabalho, ganhei um pouco de dinheiro, e comprei uma casa.

Cai em outra tentação

Após isso, mudei meu trabalho e comecei a trabalhar como vendedora de tinta para parede. Cada vez que eu ia para um local de construção e via como as casas das pessoas ricas eram mobiliadas com luxo, meu coração não conseguia descansar. Com frequência eu pensava, “Quando eu vou poder ter dinheiro para mobiliar minha casa com luxo e conforto como eles?” Deste então, sobrecarreguei minha cabeça todo dia sobre como ganhar mais dinheiro e remobiliar minha casa, então não tinha vontade de ler as palavras de Deus. Após trabalhar o dia inteiro, eu estava exausta, e quando voltava para casa eu dormia na cama imediatamente.

Logo, um dia quando estava indo ao trabalho, de repente cai no chão e fiquei tonta, como se a casa estivesse girando. Além disso, me senti terrivelmente desconfortável e não tinha força suficiente para respirar. Eu pensei, “Minha vida vai acabar assim? Eu só vivi na minha nova casa por pouco tempo, e trabalhei duro para comprá-la.” Eu não ia me render a morrer assim. Mas, naquele momento, eu mal conseguia respirar, muito menos tinha força para cumprir meu sonho. Nesse estado de desamparo, tudo que podia fazer era fechar meus olhos e orar a Deus em silêncio, “Ó Deus, estou com tanta dor e sinto que a vida é pior que a morte. Que o Senhor possa me salvar.” Após orar, não me senti tão tonta, e me levantei devagar.

Através da orientação das palavras de Deus, achei a origem do meu sofrimento

Mais tarde, eu vi estas palavras de Deus, “Como não reconhecem as orquestrações de Deus e a soberania de Deus, as pessoas sempre encaram o destino de modo desafiador, com uma atitude rebelde, e sempre querem se livrar da autoridade e soberania de Deus e das coisas que o destino reserva, esperando em vão mudar suas circunstâncias atuais e alterar seu destino. Mas elas nunca conseguem ter sucesso; ficam frustradas toda vez. Essa luta, que se dá no fundo da alma da pessoa, gera uma dor profunda do tipo que fica gravada nos ossos, enquanto a pessoa desperdiça sua vida esse tempo todo. […] se as pessoas não conseguem verdadeiramente reconhecer o fato de que o Criador tem soberania sobre o destino humano e sobre todas as questões do ser humano, se não conseguem verdadeiramente submeter-se ao domínio do Criador, então será difícil para elas não serem guiadas, e acorrentadas, pela ideia de que ‘o destino da pessoa está em suas mãos’. Será difícil para elas livrar-se da dor de sua luta intensa contra o destino e contra a autoridade do Criador, e nem é preciso dizer que será difícil para elas serem verdadeiramente libertas e livres, serem pessoas que adoram a Deus.

A partir das palavras de Deus, eu vi que por eu estar presa e envenenada pela ideia de “construir uma bela casa com minhas próprias mãos,” eu pensava que podia mudar meu destino por conta própria. Então, eu corria ocupada todos os dias para ganhar mais dinheiro e viver uma vida melhor. Mas só me levei à exaustão. Em retrospectiva, quando meu marido e eu gerenciamos nossa empresa de transporte de passageiros, eu estava numa corrida contra o tempo todos os dias. Estava tão ocupada que eu não tinha tempo para cuidar de nosso filho. Devido à quantidade de trabalho eu fiquei com muitas enfermidades, mas ainda suportei a dor e me forcei a continuar trabalhando. Quando eu trabalhei como atendente de bilheteria, me sobrecarreguei completamente com trabalho, como se eu fosse uma máquina que nunca para. Após aceitar a obra de Deus, por não ter buscado a verdade e, portanto, não ter tido discernimento e sabedoria sobre as visões satânicas sobre a vida que me controlavam, eu ainda queria depender de meu próprio trabalho duro para me elevar diante dos outros. Eu nem lia as palavras de Deus, porque eu estava tão preocupada agitada indo para todos os lados. Somente quando cai no chão e encarei a morte naquela hora que eu percebi que tudo que havia ganho através do trabalho duro não me pertencia. Realmente não valia a pena arriscar minha vida por essas coisas. Agora, eu não queria continuar vivendo pelas visões de Satanás e lutando para ficar flutuando no redemoinho do dinheiro.

Eu li outras duas passagens das palavras de Deus, “A sina do homem é controlada pelas mãos de Deus. Você é incapaz de controlar a si mesmo: apesar de estar sempre correndo e se ocupando em interesse próprio, o homem continua sendo incapaz de controlar a si mesmo. Se pudesse conhecer suas próprias expectativas, se pudesse controlar sua própria sina, você continuaria sendo um ser criado?” “Depois de reconhecer isso, sua tarefa é pôr de lado a antiga visão da vida, ficar longe das diversas armadilhas, deixar que Deus se encarregue de sua vida e faça arranjos para você, tentar apenas se submeter às orquestrações e à orientação de Deus, não ter escolha e tornar-se uma pessoa que adora a Deus.” Suas palavras apontaram um caminho para eu praticar: se eu quero me livrar dessa dor, preciso mudar meus pontos de vista anteriores e largar mão da minha visão de vida antiga. No passado, eu lutava contra o destino o tempo todo querendo criar um futuro lindo com minhas próprias mãos. Contudo, a realidade me mostrou que quanto mais eu vivia por essa visão, mais eu sentia miséria e maior era o tormento que eu sofria física e mentalmente. Através das palavras de Deus, eu percebi o quão absurdo e lamentável é viver com os venenos de Satanás, e compreendi que Deus preside sobre tudo e arranja o destino humano. Como eu poderia controlar ou mudar meu destino? O que eu devo fazer é confiar meu futuro e destino nas mãos de Deus, deixá-Lo ter soberania sobre todo aspecto de minha vida, e obedecer Seus desígnios e arranjos. Somente adotando a mentalidade propícia e trabalhando e vivendo normalmente eu poderia viver livre e sem restrições.

Após superar a tentação de Satanás, eu vivi livre do sofrimento e em liberdade

Algum tempo depois disso, o gerente de marketing veio me achar e disse, “Por que você não guia uma equipe? Se sua performance for boa, você ganhará dinheiro suficiente para comprar um carro. E no futuro, é bem possível que você consiga viver em um condomínio.” Eu estava tentada pelo que ele disse, mas eu pensei, “Quando eu guiei uma equipe no passado, eu tinha que ir a reuniões e receber treinamentos todos os dias. Algumas vezes, eu não podia voltar para casa à noite, então não conseguia cuidar do meu filho. Eu fiz o meu melhor para vender os produtos, mas só acabei física e mentalmente exausta. Além disso, agora não estou fisicamente capaz de realizar trabalho duro. Se continuar a trabalhar até o osso como antes, não sei quais serão as consequências.” Então rapidamente me coloquei diante de Deus e orei. Após orar, pensei novamente nas palavras de Deus, “Depois de reconhecer isso, sua tarefa é pôr de lado a antiga visão da vida, ficar longe das diversas armadilhas, deixar que Deus se encarregue de sua vida e faça arranjos para você […]” Pensei, “Sim, eu devo deixar Deus reinar e arranjar minha vida, trabalho e futuro. Pensando de volta no passado, para conseguir ganhar dinheiro, destruí minha saúde. Eu não posso voltar a esses meus modos antigos. Hoje em dia, apesar de não ganhar muito, meu salário é adequado para sustentar minha família, e, mais importante, minha saúde tem melhorado aos poucos recentemente, pois não estou lutando com todas as minhas forças para fazer dinheiro. Após começar a crer em Deus, através da participação de encontros, leitura de Suas palavras, e canto de hinos para adorá-Lo, experimentei alívio e liberdade que eu nunca senti antes.” Quando pensei nisso, eu decidi recusar as “boas intenções” do gerente. Vendo como eu estava inflexível, ele nem tentou me persuadir muito mais. Naquela hora, senti uma firmeza e libertação do sofrimento que eu tinha antes, e agradeci a Deus por me guiar e me permitir dar adeus àqueles dias de lutar por conta própria.

Por Zhou Min, Alemanha

Leia mais artigo de percepção da vida:

Percepção da Vida: De fato, a felicidade é muito simples

Nessa vida passageira, o que devemos buscar? | Percepção da Vida

Contate-nos

Esperas ansiosamente pela aparição do Senhor? Como o Senhor aparecerá? Como devemos acolher a Sua aparição? Convidamos-lhe sinceramente a juntar-se a nós na nossa reunião online para conversar sobre esse tópico connosco.